Bussa Krishna morreu após jejuar rezando por Trump

Bussa Krishna, que ficou conhecido na Índia e no mundo por ter um altar e uma estátua em homenagem ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, morreu na última terça-feira.

Segundo informações da agência ANI, o indiano ficou cerca de quatro dias de jejum, orando pela recuperação do presidente Trump, que estava com a Covid-19.

“Ele passou noites sem dormir. Passou fome e orou muito pela recuperação do presidente dos Estados Unidos nos últimos três, quatro dias”, disse um amigo de Bussa à agência.

A família do indiano afirmou que ele sempre gozou de boa saúde, mas que estava se sentindo muito deprimido após saber que Trump e a mulher estavam com a Covid-19.

Sem mais artigos