Jared Leto conquistou prestígio tanto na carreira de ator
como na de cantor, como vocalista da banda “The 30 Seconds To Mars”. Mas em recente
entrevista ao jornal “The Big Issue”, ele conta que sua vida poderia ter sido
muito diferente, já que quando era jovem por pouco não se envolveu em uma vida
criminosa.  

“Quando eu era jovem não sabia se seria um ator, achava que poderia virar um artista
ou um pintor. Ou talvez um traficante. Eu não sei qual caminho eu tomaria. Foi apenas
sorte eu escolher esse ao invés dos outros.”, afirmou à publicação.      

Jared contou ainda para a publicação mais histórias sobre a
sua adolescência problemática e afirmou que roubava carros com seu irmão,
Shannon.   

“Era isso que fazíamos. Algumas crianças saíam para acampar
e nós roubávamos carros. Além disso, nós invadíamos escritórios, depósitos, escolas.
Fazíamos qualquer coisa. Por isso, com o tempo nos tornamos uma boa dupla de
ladrões.”, revelou. 

Apesar de reconhecer que não foi um adolescente, Jared diz
que não considerava suas atitudes tão erradas. “Naquela época, não acho que
pensávamos que isso era errado, a menos que fossemos pegos – essa era a parte
ruim”, completou.    

Sem mais artigos