Uma liminar da Vara da Infância e Juventude do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo e do Ministério Público do Trabalho (MPT) decretou que os exemplares da Vogue Kids, que vem num encarte com a Vogue deste mês, devem ser retirados de circulação. A razão é a de que a revista publicava fotos de meninas menores de idade em poses sensuais.

As principais queixas são relacionadas ao ensaio “Sombra e Água Fresca” em que as garotas aparecem de biquini em posições erotizadas e até mesmo com conotação sexual. Essa não é a primeira vez que a revista é acusada de estimular uma sensualização precoce em crianças.

Para se defender, a assessoria alegou, por meio de uma publicação feita em sua página no Facebook, que “jamais pretendeu expor as modelos infantis a nenhuma situação inadequada” e que não houve “intenção de conferir característica de sensualidade ao ensaio”.

Sem mais artigos