Após três anos de criações fixas para grife britânica Topshop, Kate Moss encerra a parceria com sua 14º coleção, com lançamento previsto para 10 de outubro no mundo todo. De acordo com o que o dono da marca, Sir Philip Green, disse ao jornal Sunday Times, a top dedicava muito tempo à linha e resolveu parar para dar continuidade em outros projetos.

“Não teve drama e nós não precisamos de uma nova musa. Só existe uma Kate e não estamos em busca de ninguém que a substitua”, ele afirmou. Mas os fãs das peças assinadas pela modelo podem ficar  tranqüilos, pois segundo o WWD, as estações seguintes terão esporadicamente coleções cápsulas de Kate Moss – serão entre doze e quinze peças novas ou reedições de lançamentos anteriores.

Sem mais artigos