“Sua primeira vez não deve ser com qualquer um. Tem que ser com um grande cara”, diz a atriz e diretora americana Lena Dunham em um novo e polêmico anúncio da campanha do presidente Barack Obama, intitulado “Sua primeira vez”.

No vídeo, que procura o voto das mulheres mais jovens, Lena narra à câmera “sua primeira vez”, quando votou em Obama há quatro anos.

A atriz é diretora da série “Girls”, na qual há cenas de sexo e são narradas as aventuras sexuais de várias jovens recém-formadas que chegam a Nova York.

“Deve ser com alguém que realmente se preocupe e entenda as mulheres”, acrescenta a atriz, protagonista única do anúncio.

“Minha primeira vez votando foi incrível. Então era uma menina, mas agora sou uma mulher. Fui à mesa eleitoral, corri a cortina e votei em Barack Obama”, conclui Lena em um tom de confidência.

O anúncio suscitou a condenação dos setores conservadores, pela brincadeira que faz com a perda da virgindade, e foi comparado com um comercial similar que apoiava o voto no presidente russo Vladimir Putin nas eleições presidenciais do país no início deste ano.

Segundo informa a imprensa americana, o vídeo não será emitido pela televisão, mas está destinado unicamente à internet com o objetivo de chegar aos mais jovens.

Após a difusão do anúncio, Lena Dunham escreveu em sua conta no Twitter que “pode ser que o vídeo seja light, mas a mensagem é séria: votem a favor dos direitos das mulheres”.

Sem mais artigos