Mesmo com quase todos os grandes livros transformados em filmes, tem gente que não abre mão de uma boa leitura. Para estes amantes da literatura, que se arrepiam apenas de sentir o cheiro de um livro novo, o Vírgula Lifestyle selecionou cinco histórias de amor inspiradoras.

Razão e sensibilidade
Autor: Jane Austen

Após a morte de Henry Dashwood, sua esposa e filhas – a sensata Elinor, a romântica Marianne e a jovem Margaret – veem-se subitamente empobrecidas e obrigadas a trocar sua confortável mansão por um pequeno chalé em Barton Park. Enquanto Elinor é controlada e cautelosa, Marianne demonstra abertamente seus sentimentos, recusando-se a adotar a conduta hipócrita que é esperada dela. As irmãs enfrentam grandes desafios em suas vidas amorosas e são forçadas a encontrar o equilíbrio entre razão e emoção antes de conquistarem o verdadeiro amor.

Cartas de amor de mulheres notáveis
Autor: Ursula Doyle

Inspirado em um livro lido pela personagem Carrie Bradshaw no filme Sex and the City, Cartas de amor de homens notáveis reuniu algumas das páginas mais românticas escritas por homens como Beethoven, Victor Hugo e Charles Darwin. Agora é a vez de grandes mulheres terem reveladas suas correspondências de amor. Das cartas de Ana Bolena e Emily Dickinson à correspondência pessoal da imperatriz Josefina e da rainha Vitória, esta coletânea reúne algumas linhas românticas de mulheres que entraram para a história.

Cem sonetos de amor
Autor: Pablo Neruda

Principais poemas de amor de Pablo Neruda, poeta Nobel de literatura de 1971. O amor é o tema central de sua obra e ‘Cem sonetos de amor’ foi dedicado a Matilde Urrutia, sua última musa. O livro é dividido em quatro partes – manhã, meio-dia, tarde e noite.

Travessuras da menina má
Autor: Mario Vargas Llosa

O peruano Ricardo vê realizado, ainda jovem, o sonho que sempre alimentou – o de viver em Paris. O reencontro com um amor da adolescência o trará de volta à realidade. Lily – inconformista, aventureira e pragmática – o arrastará para fora do pequeno mundo de suas curtas ambições. Eles se reencontram várias vezes ao longo da vida, em diferentes cidades do mundo que foram cenários de momentos emblemáticos da história contemporânea e também d ávida do autor.

PS, eu te amo
Autor: Cecilia Ahern

Holly e Gerry desejavam ficar juntos pelo resto de suas vidas, mas um tumor cerebral levou Gerry, aos 30 anos. Sentindo-se perdida e solitária, Holly finalmente encontra uma motivação para continuar vivendo quando recebe um pacote, que havia sido enviado por seu marido antes de morrer, intitulado: “A Lista”. No pacote, várias cartas com instruções de como ela poderá sobreviver sem a presença dele, todas acompanhadas de um “P.S.: Eu te amo”.

Sem mais artigos