Uma das unidades da rede de fast-food McDonald’s, que estava a 20 anos na Galleria Vittorio Emanuele II situada em Milão, na Itália, foi convidada a se retirar para dar lugar a mais uma loja da Padra no local.

Rumores afirmam que a rede desagradava os comerciantes de lojas como Gucci, Prada e Louis Vuitton, já que a galeria queria atrair pessoas por seu luxo e prestígio.

Segundo informações do “Telegraph”, a rede alimentícia entrou com um processo contra a prefeitura de Milão, pedindo cerca de 24 milhões de euros de indenização pelo transtorno.


Roberto Masi
, CEO do McDonald’s na Itália, esclareceu que não quer brigar com a cidade, mas declarou: “fomos expulsos injustamente”.

Ronald McDonald, que vive sorrindo e de braços abertos, certamente está chateado com toda essa situação, não acham?     

Sem mais artigos