Na contramão dos atuais movimentos igualitários que avançam mundo afora, a modelo e jogadora de vôlei profissional Gabrielle Reece escreveu um livro em que afirma que as mulheres devem ser submissas aos seus maridos. As informações são do site US Weekly deste sábado (13).

No livro My Foot Is Too Big for the Glass Slipper (Meu Pé É Muito Grande para o Sapatinho de Cristal, em tradução literal), a autora escreve: “Ser realmente feminina significa ser doce, receptiva e – olha só, aqui vai – submissa”.

Questionada pelo jornal Today sobre sua declaração polêmica, ela reiterou: “Se eu sou a mulher e ele é o homem, então, sim, essa é a dinâmica. Estou disposta e eu opto por servir à minha família e ao meu marido, porque isso cria uma dinâmica em que ele, na verdade, age como um homem e me trata do jeito que eu gostaria de ser tratada”, disse ela que ainda afirmou que “submissão” não é necessariamente algo negativo.

Gabrielle Reece, de 43 anos, é casada há 17 anos com Laird Hamilton, de 49. O casal possui uma filha, Reece Viola, de  9 anos; e um filho, Brody,  de 5 anos.


Modelo diz que mulheres devem ser submissas aos seus maridos

Sem mais artigos