A modelo plus-size Jacqueline está em pé de guerra com o site de relações extra-conjugais, Ashley Madinson. A discussão começou quando ela deu de cara com uma imagem sua no New York Metro, estampando uma campanha publicitária da página online, com a seguinte frase: “sua mulher te assustou ontem à noite?”. Segundo a modelo, a foto não foi autorizada.  

Jacqueline justificou que a foto foi tirada anos atrás e vendidas sem seu conhecimento para agências de fotos. Ela é a estrela do site de pornografia, juicyjackie.com e disse em entrevista ao site Jezebel que se orgulha do seu corpo e repudia esse tipo de alusão feita pelo Ashley Madinson. “A mulher que olhar esse anúncio vai pensar: ‘se eu não ficar magra, ele vai me trair… Descaradamente, eles sugerem que as pessoas gordas são indignas de amor e lealdade”, protestou.

VEJA MAIS: As belas modelos plus size que arrasam nos editoriais

A modelo diz que de qualquer forma acha “repugnante” existir um site que promove a infidelidade. “Já é ruim que exista uma empresa incentiva os trapaceiros, mas, pior ainda, é eles terem a ousadia de culpar o corpo de uma mulher pelo ato, ao invés do homem que é incapaz de compromisso e lealdade”, alfineta.

O homem por trás do site, Noel Biderman, reagiu às palavras de Jacqueline. “A melhor coisa que poderia ter acontecido a esta mulher foi nós usarmos sua imagem no anúncio.  Ela está colhendo a imprensa para seu site próprio de pornografia”. Ele ainda aponta que ela assinou a liberação da imagem sabendo que não era apenas para uso pessoal.

O que você acha dessa história?


Sem mais artigos