Os últimos momentos de cães em estado terminal têm se tornado mais dignos graças a uma ex-enfermeira de 48 anos do Reino Unido. Nicola Harrison é responsável pelo projeto Grey Muzzle Canine Hospice, que acolhe esses cachorros abandonados e realiza seus últimos desejos.

“Eles precisam de alguém nesse momento da vida para não darem os últimos passos sozinhos”, disse Harrison em entrevista à BBC UK. A organização, com sede em sua própria casa, acolhe até dois cães por vez e que possuem menos de seis meses de vida restantes.

Ela escreve uma lista de desejos para cada um deles, que inclui viagem para a praia, um belo bife e até tomar sorvete do McDonald’s. Segundo a Associação Veterinária Britânica, não há problema em dar esse tipo de alimento para cachorros em estado terminal, mas os lanchinhos não são indicados a outros pets.

No início, Harrison trabalhava como voluntária em um canil e levava para sua casa, em Mansfield, Nottinghamshire, alguns dos animais em estado precário. “Eu não suportava a ideia deles morrerem em um ambiente como aquele”, explicou.  Assim nasceu a ideia de criar a Grey Muzzle Canine Hospice e oferecer uma morte mais feliz a esses companheiros caninos.

Quando chegam, os animais são encaminhados ao veterinário. Além da lista de desejos, eles sempre ganham um bolo de aniversário.

“Nós nos afeiçoamos a cada um deles e continuamos ligados mesmo depois que morrem. Fico com as cinzas de todos, temos um memorial em casa”.

A organização é mantida por doações feitas pelo site Paypal.

Sem mais artigos