Foi com berros e xingamentos que uma mulher foi “escoltada” até a saída de um mercado, na zona de Staten Island, na cidade de Nova York, por entrar sem máscara.

Em um vídeo que viralizou no Twitter no final de semana, um grupo se une para demandar que a cliente vá embora. Eles apontam veementemente para a porta, pressionando-a, até que a mulher cede e se retira do local.

O vídeo mostra o pânico de muitos residentes diante do coronavírus, com a cidade de Nova York estando no epicentro da pandemia.

O governador do estado, Andrew Cuomo,  já havia ordenado em Abril que a população usasse máscaras em público quando não estivesse praticando o distanciamento social. O uso é obrigatório dentro de transportes públicos, mercados e ao andar em calçadas, como informa o site Newsweek.

O jornal tentou contactar a pessoa que publicou o vídeo no Twitter, mas não obteve sucesso.

A cidade de Nova York já ultrapassa mais de 196 mil casos de coronavírus e 16 mil óbitos. Há ainda outras 4.777 mil mortes que podem ter ligação com a Covid-19, mas não é possível confirmar a causa, pois os pacientes não foram testados, de acordo com informações do Departamento de Saúde de Nova York.

Sem mais artigos