Mary Grams, de 84 anos, achou que tivesse perdido para sempre seu anel de diamantes, um presente de seu marido. De tanta vergonha, ela escondeu a perda do marido, e contou apenas ao filho.

O anel foi perdido em 2004, e para substituí-lo, Mary comprou um anel “réplica”, bem mais barato. E por anos, ela seguiu sua vida, e ninguém além de seu filho sabia da perda. “Talvez eu tenha feito a coisa errada, mas a gente acaba levando muito a sério”, disse Mary.

13 anos depois, sua nora Colleen Daley resolveu colher algumas cenouras da fazenda da família, onde ela e o esposo vivem agora. Quando estava lavando as cenouras, encontrou uma com um formato curioso… assim que viu o anel, seu filho ligou pra mãe e lhe contou as boas notícias.

Hoje, Mary diz que gostaria de ter contado ao marido do ocorrido. De acordo com ela, ele era muito brincalhão, e teria achado toda a situação muito engraçado. Ele faleceu cinco anos antes do anel ser encontrado.

Agora, Mary jura que toma mais cuidado com sua relíquia. “Se eu saio de casa ou algo assim, eu o coloco em um lugar seguro. É o que eu deveria ter feito!”

Mais achados e perdidos: estudante acha carros antigos na garagem da avó

Sem mais artigos