c_limit,q_80,w_720-http---images-origin.playboy.com-ogz4nxetbde6-64nMyyPkisEcEgiqqIOGac-838ff6930f7f4cb0b157b9dbe0157243-cover2

Divulgação

Existe Playboy sem mulher totalmente nua? Essa é uma pergunta que não quer calar. Mas sim, existe. Só que agora a publicação investe mais em roupas (para cobrir o corpo) do que em peles à mostra. Nu frontal? Esquece! Mas calma que a sensualidade continua presente, e muito!!!!

A partir da edição de março, a revista americana vai eliminar o nu frontal, que tem sido uma das identidades da marca desde seu nascimento, em 1953. Para inaugurar essa nova fase, Dree Hemingway, bisneta do escritor americano Ernest Hemingway, foi escolhida. O layout e o conceito visual também mudaram bastante. A capa, por exemplo, está bem mais clean.

c_limit,q_80,w_720-http---images-origin.playboy.com-ogz4nxetbde6-64nMyyPkisEcEgiqqIOGac-838ff6930f7f4cb0b157b9dbe0157243-cover

Divulgação

Algumas fotos também foram divulgadas, e pelo que dá para perceber é que a revista adotou uma estética mais artística, muito usada em moda, principalmente pelo famoso fotógrafo Terry Richardson. Dê uma olhada:

Conforme foi anunciado em outubro, a Playboy foi desbancada pela era digital, onde imagens picantes são muito mais fáceis de encontrar. Agora, a transição da marca faz parte de uma estratégia pra atrair um público mais jovem, contou Cory Jones, diretor de conteúdo da revista.

Sem mais artigos