Sudão do Sul é um dos países mais pobres do mundo

Em época de pandemia do novo coronavírus, as ações de caridade têm se mostrado fundamentais na ajuda ao combate da disseminação da Covid-19. Além de famosos, autoridades de vários países têm procurado arrecadar o máximo de mantimentos, roupas, acessórios, máscaras e o que mais puder ajudar no momento.

Mas uma situação em especial chamou a atenção da Organização das Nações Unidas (ONU), que pede doações ao Sudão do Sul nesta época de pandemia. O país africano tem 12 milhões de habitantes, mas conta com apenas quatro respiradores.

Além do pouco número de respiradores, o país também não conta com muitas unidades de terapia intensiva (UTI) nos hospitais. São apenas 24 leitos em todo o território nacional.

Segundo dados da própria ONU, o Sudão do Sul é um dos países mais pobres do mundo. Além dele, Burkina Faso, também na África, tem situação bem parecida, com apenas 11 respiradores no total.

O coronavírus ainda não atingiu a África como fez com a Europa, Ásia e América. O Sudão do Sul, por exemplo, tem apenas quatro casos confirmados de Covid-19, sem nenhuma morte. Mas as autoridades de saúde não querem deixar a situação se agravar, já que a África teria sérios riscos em lidar com a doença.

Sem mais artigos