Paulo Leminski (1944-1989) foi um dos mais originais literatos brasileiros. Poeta, escritor, compositor, crítico, entre outras atividades, o curitibano morreu em junho de 89, aos 44 anos. Neste domingo (24), ele completaria 70 anos de idade.

Leminski criou um jeito bastante inovador de produzir poesia, investindo em micro poemas, haicais, pequenos ditados e frases de efeito – muitas delas, até hoje reproduzidas em agendas, muros, cartazes, e claro, na internet.

Algumas das frases de Leminski são ideais para a famigerada postagem frenética no Facebook. Mas, para não haver equívoco (já que muitos erros de autoria são cometidos na rede social), o Virgula selecionou dez petardos de Leminski para você usar sem medo no Facebook. Confira na galeria acima.

Sem mais artigos