Pinturas hiperrealistas de Robin Eley mostram modelos envolvidos em plástico

Num primeiro olhar, é possível acreditar estar diante de uma foto. Mas as imagens na galeria acima são pinturas hiperrealistas do artista Robin Eley, na série batizada de Plastic. As peças mostram pessoas nuas, cobertas apenas por plásticos e trazem detalhes primorosos como reflexo e diferentes tons de luz e sombra. Cada retrato consome até cinco semanas de trabalho do australiano Robin Eley, trabalhando até 90 horas por semana.

Segundo ele, um dos temas de dua arte é  “o isolamento que todos nós vivemos no mundo moderno”. O plástico é o que representa esse isolamento, um material pelo qual se pode ver através, mas não tocar diretamente”, explica Eley.

Nascido em Londres em 1978, mas criado na Austrália, o artista que já exibiu suas obras em Londres e Nova York, começou a trabalhar com ilustrações comerciais antes de produzir retratos.

Confira abaixo o vídeo (em inglês) que Robin Eley apresenta o complexo processo do qual o artista se utiliza para criar suas obras de arte:

 

 

Pinturas hiperrealistas de Robin Eley mostram modelos envolvidos em plástico

Sem mais artigos