Velazkuez ressaltou ainda que o preço de um prédio com o sistema instalado também sofrerá aumento. “A instalação de sistemas de geração de energia alternativos àqueles que utilizam combustíveis derivados do petróleo são mais caros, pois são tecnologias de uso mais recente e não são fabricados em larga escala.

Sobre os imóveis, Palermo garantiu que “todos receberão a infra-estrutura. Imóveis com até três banheiros poderão instalar o reservatório térmico no futuro”. Tratando-se de prédios comerciais, a professora explica que a obrigatoriedade da instalação do sistema cairá sobre “clínicas de estética, institutos de beleza, creches, escolas, quartéis, hotéis, motéis e lavanderias industriais”.

Ainda segundo Velazkuez, “no caso da instalações industriais, quando a atividade específica demandar água aquecida no processo e, ainda, se a indústria oferecer vestiário para seus funcionários” a implementação do projeto também será obrigatória.

Leia mais:
Depois de 49 anos, Fidel Castro renuncia ao poder

Prédios vão ficar mais caro, diz professora

Sem mais artigos