Julgamento do caso acontece em Manchester, no Reino Unido

A professora Deborah Lowe, 53 anos, acusada de ter feito sexo com aluno de 15 anos enviou um cartão ao menor com os dizeres: “com quem mais eu posso ser uma vagabunda?”, segundo informações do Independent UK. Deborah enviou a mensagem ao aluno após ele bloquear a professora nas redes sociais. A descoberta foi levada ao público durante julgamento do caso que acontece em Manchester, no Reino Unido. 

“Estou arrasada, você me bloqueou e não sei o que fiz. Com quem mais eu posso ser uma vagabunda? Eu jamais o faria triste ou te machucaria, então, por favor, me conte o que eu fiz para você. É por eu ser gorda? É meu aniversário e estou tão triste”, escreveu Deborah no cartão. O envolvimento do aluno e da professora teria acontecido entre 2015 e 2016.

A professora confessou ter se envolvido sexualmente com o aluno, mas somente quando ele tinha 17 anos e ela já não trabalhava mais na escola. Ela admitiu que teve chamadas telefônicas sexuais enquanto o jovem se masturbava. O promotor afirmou que embora o aluno não tenha sido forçado a se relacionar com a professora, era muito novo por lei para consentir com o ato.

 

Sem mais artigos