Os deputados mostraram preocupação com o desempenho dos estudantes que estagiam em época de provas na faculdade. Para eles, a jornada de trabalho deve ser reduzida nos períodos de avaliação acadêmica.

A redução da jornada de trabalho para 24 horas semanais gerou polêmica e foi muito debatida já que para alguns deputados, o curto tempo poderia impedir os estudantes de desempenharem bem suas funções.

“A lei vem para sensibilizar os empresários para que possamos aprimorar nossos estudantes” declarou o deputado Lobbe Neto, do PSDB. Para o deputado petista Eduardo Valverde o novo projeto vem ressaltar o estágio como ato educativo e não apenas como experiência profissional.

O projeto segue agora para o Senado e se for aprovado, as empresas e instituições de ensino terão 180 dias para se adequar às novas regras.

Unicamp pode ser desocupada nesta quinta

Em uma noite,19 podem ter morrido no Complexo do Alemão

Sem mais artigos