Em tempos de coronavírus, ações de generosidade têm se destacado. Na Inglaterra, os donos de um tradicional restaurante da cidade de Keswick criaram um sistema de entrega especial para um de seus clientes, parte do grupo de risco do coronavírus. O objetivo é mantê-lo o mais seguro possível.

Jan Harding e o marido Barry, ambos de 58 anos, são donos do Jan’s Sandwich Shop e continuam trabalhando durante a pandemia do coronavírus. Mas eles realizam entregas apenas àqueles que estão no grupo de risco e não podem sair de casa na quarentena.

Um desses clientes é John Goodfellow, de 64 anos, diagnosticado com câncer de pulmão em 2010. De acordo com o jornal Metro UK, ele também já sofreu um ataque cardíaco e tem a mobilidade limitada. Seu quadro o fez se encaixar na lista do governo inglês das pessoas mais vulneráveis, que devem permanecer em casa durante três meses.

Diante deste cenário, Jan e Barry entregam o almoço de John diariamente com a ajuda de um balde para evitar o contato e proximidade. O idoso utiliza uma corda para movimentar o balde, onde é colocado o pedido e também o pagamento.

“Quando eles souberam que eu teria que ficar isolado em casa por três meses, ofereceram gentilmente a extensão de seus serviços”, explicou John ao veículo inglês. Ele afirmou que o isolamento não tem sido um problema, pois é viciado no jogo “Angry Birds”.

A Jan’s Sandwich Shop tem atendido 20 clientes idosos ou em situação de risco durante a pandemia. John é o único que utiliza o sistema com o balde.

Sem mais artigos