O Parlamento russo aprovou nesta quarta-feira (18) uma anistia aos condenados e aos acusados de vandalismo, com o que beneficiaria tanto as duas músicas presas do grupo punk Pussy Riot, como aos ativistas do navio quebra-gelo “Arctic Sunrise” do Greenpeace.

Os deputados também ampliaram o projeto presidencial da anistia geral, aprovada por ocasião do 20º Aniversário da Constituição do país, aos condenados e acusados por participar de desordens públicas.

Essa emenda poderia libertar a maioria dos acusados no chamado “Caso Bolótnaya”, que levou o nome da praça do centro de Moscou que em 6 de maio de 2012, durante uma manifestação contra o Kremlin, se tornou cenário de conflitos violentos.

Rússia aprova anistia que beneficiaria Greenpeace e Pussy Riot

Sem mais artigos