As holandesas Ingrid Meijering e Marion Duimel queriam mostrar como os idosos vivem com suas tatuagens. Por isso, criaram o projeto GetOud: uma série de imagens que mostra pessoas com mais de 65 anos e conta suas histórias com os desenhos.

Durante os três anos de sessões fotográficas, elas descobriram que apenas alguns participantes tinham feito tatuagens na juventude. A maioria havia decidido se tatuar nos últimos 10 anos. Ou seja, quando já tinham mais de 55 anos.

Toos, que aparece na foto acima, fez a primeira tatuagem aos 79 anos. “Estava me sentindo velho e comecei a fazer tatuagens para me sentir mais jovem. Agora, gosto de usar camiseta de manga curta para exibir meus desenhos”, contou.

Tatuagem depois dos 65 anos

Série mostra como idosos convivem com seus desenhos
Série mostra como idosos convivem com seus desenhos
Série mostra como idosos convivem com seus desenhos
Série mostra como idosos convivem com seus desenhos
Série mostra como idosos convivem com seus desenhos
Série mostra como idosos convivem com seus desenhos

Série fotográfica mostra como idosos convivem com suas tatuagens

Sem mais artigos