No fim dos anos 90, quase toda criança tinha seu pokémon preferido. As criaturas de bolso da Nintendo estavam em desenhos animados, jogos de videogame e capas de caderno em todo o mundo. Este ano, um grupo de desenhistas dos Estados Unidos resolveu transformar a memória afetiva em arte. Um total de 151 artistas criou releituras dos monstrinhos, em um projeto chamado Pokémon Battle Royale.

As obras estão expostas até 11 de maio na escola e galeria de arte Light Grey Art Lab, de Minneapolis, que promoveu o projeto. “É um tributo a todo o universo Pokémon. Eles estão por aí desde 1996. Por isso, se você é um pessoa ‘minimamente jovem’, com certeza já teve contato com isso. Na posição de artistas, fomos atraídos pela riqueza do mundo que essas criaturas habitam”, contou Alyssa Nassner, curadora do projeto ao lado do artista Bryan Ische, em entrevista ao Virgula Diversão.

Ela conta que todos os artistas são fãs de pokémon e que escolheram suas criaturas preferidas para as releituras. “Não houve um critério oficial para selecionar os artistas. Nós víamos os portfólios de que gostávamos e fazíamos o convite. Inicialmente, convidamos cerca de 60 artistas e amigos. Uma vez que eles eram aceitos, pedíamos que escolhessem seus cinco pokémons preferidos e tentamos acomodar da melhor forma possível. Acho que os últimos a serem escolhidos foram o Machoke e a Nidoqueen”, disse.

Confira, na galeria de fotos acima, as obras dos 151 artistas que participaram do projeto Pokémon Battle Royale.

Sem mais artigos