Você pensa que exposição de arte significa visitar esculturas de pensadores, bocejar diante de Mona Lisas cinzentas, brisar observando objetos abstratos? Tudo isso é parte do passado. It’s over.

Pelo menos no que depender das mais badaladas exposições que provocaram filas ao redor do globo, e mais recentemente no Brasil. E os temas dessas mostras provam que o pop invadiu de vez o universo das galerias: David Bowie, Stanley Kubrick, Tim Burton e até o Castelo Rá-Tim-Bum são os popstars dos últimos anos.

No Brasil, o point desse movimento é o MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo, que saiu do limbo cultural ao trazer para cá as mostras sobre David Bowie e Stanley Kubrick, que geraram filas intermináveis e muita comoção. Ambas foram montadas no Brasil como franquias de exposições que já faziam muito sucesso lá fora.

Mas o que ninguém esperava é que uma exposição brasileira (é coisa nossa!) causasse ainda mais histeria coletiva. Sim, estamos falando do Castelo Rá-Tim-Bum, clássico programa infantil da TV Cultura que completou 20 anos em 2014.

Para celebrar a data, o criador da série, Cao Hamburger, e sua turma colocaram de pé a megaexposição, que recria os cenários do programa em tamanho natural. Foi o suficiente para atrair milhares de pessoas que eram crianças em 1994 e realizaram o sonho de fazer um selfie ao lado da cobra Celeste.

A exposição do Castelo faz tamanho sucesso que foi prorrogada até janeiro de 2015, para desespero dos habitantes do Jardim Europa – bairro nobre de SP onde está localizado o MIS. Os moradores reclamam do suposto caos que ronda o Museu, e dos ruidosos visitantes a bordo de monstruosos ônibus de excursão.

Enquanto os descontentes praguejam, o pop continua rolando. Em 2016, o MIS traz mais uma exposição do mesmo naipe, desta vez sobre o bizarro e deslumbrante universo do cineasta Tim Burton – seguindo assim a tendência de transformar cantores, cineastas e ídolos da TV em assunto de mega-exposições.

Mas no mundo da arte mais “tradicional”, digamos assim, a onda pop também está tomando conta. Depois do estrondoso sucesso de Obsessão Infinita, vista por meio milhão de pessoas em São Paulo, da japonesa Yayoi Kusama, e suas bolinhas psicodélicas, está em cartaz no Instituto Tomie Ohtake, em SP, a exposição sobre Salvador Dalí, o mago surrealista, com uma retrospectiva bem abrangente da obra do artista. E Dalí é pop por definição – afinal, seu relógio derretido e outros objetos viraram souvenirs vendidos em lojinhas há muito tempo.

Outro nome que tá bombando no mundo das artes é o de Ron Mueck, artista australiano autor das famosas esculturas hiper-realistas, que finalmente desembarca em São Paulo. Nesta quinta-feira (20), abre na Pinacoteca do Estado Ron Mueck, com nove obras, além de um documentário sobre o artista.

As tais esculturas são impressionantemente reais. Parece que vão levantar, sair andando e te contar o que estão sentido. Rueck utiliza argila, silicone, fibra de vidro e resina para reproduzir fielmente cada detalhe do corpo humano num realismo íntimo e pessoal.

1979295378-alceu-valenca-posa-diante-da-obra-de-ron-mueck

O artista, que raramente dá entrevistas, ganhou destaque internacional pela primeira vez em 1997 com a escultura Dead Man na exposição Sensation: Young British Artists from the Saatchi Collection, na Royal Academy of Arts em Londres

A expo de Mueck vem se juntar às outras que citamos aqui, se encaixando num conceito tipo parque de diversões, onde os visitantes mergulham no universo do tema de modo diferente das exposições clássicas.

A exposição de Kubrick, por exemplo, tinha 16 ambientes, cada um dedicado a um filme do diretor americano (a nave de 2001, os corredores do hotel de O Iluminado, a lanchonete de Laranja Mecânica…), e a de Bowie também criava ambientes para cada fase ou sucesso musical do popstar inglês. A de Tim Burton vai pelo mesmo caminho, assim como a campeã Rá-Tim-Bum.

Enfim, estamos na era das mega exposições pop. Venha para esse mundo e viva essa emoção, antes que inventem as exposições virtuais, que não precisam nem que o visitante saia de casa. Prepare-se, pois essa é a próxima fase do game.

exposicao-c1-730x410

Sem mais artigos