Curtindo o Carnaval de Florianópolis neste domingo (10), Bruno Gissoni deu entrevista ao Virgula e revelou que agora que Iran – seu antigo personagem na novela Avenida Brasil – saiu de cena, o assédio diminuiu. 

“(O assédio) está normal, está bom (risos). O auge foi quando eu fazia o Iran. Aí elas faziam mais gracinhas por causa do Iran. Mas quando ele saiu de cena, diminuíram bastante essas cantadas”, disse o carioca, irmão de Rodrigo Simas, que também estava na área vip do Camarote Skol, situado na Praça XV, centro da cidade.

Desde sua saída da trama de João Emanuel Carneiro, Bruno curtiu merecidas férias e, solteiro, foi flagrado aos beijos com uma moça quando passou as festas de final de ano na capital catarinense. Agora, focado no trabalho, contou mais sobre o pescador que viverá na próxima novela das seis, Flor do Caribe.

“É um personagem mais humilde, mais rústico, ‘da terra’, do povo. Ele adora os pais, é uma pessoa muito humilde, do bem, tem ligação com o padrasto dele muito forte, que é (vivido por) Aílton Graça”, descreveu o artista.

Gissoni, depois, foi todo elogios ao seu parceiro de filmagens e seu “padrasto” em Flor do Caribe.

“É o terceiro trabalho seguido que eu faço com o Aílton, então nossa química já está ótima. É uma pessoa que eu respeito e admiro muito. Estou muito feliz, a novela está (ficando) linda, estou louco para ela entrar no ar”, contou o global.

Veja mais fotos de bruno Gissoni no Camarote Skol na galeria acima!

Sem mais artigos