No que diz respeito a bloquinhos de rua, São Paulo já demonstra, mesmo a uma semana da data oficial do Carnaval 2015,  uma movimentação visivelmente maior que a ano passado. Sem cordão de isolamento, os blocos se multiplicaram como gremlins na água e o folião só tem a agradecer e comemorar.

Enquanto em 2014 foi estimado em 200 o número de blocos circulando pela cidade de São Paulo, este ano a quantidade de inscritos chegou a 300. Aham, 300!

E se você ainda não sabe o que fazer neste final de semana, o Vírgula Música separou uma lista de blocos cadastrados. As informações são da Prefeitura da cidade pelo site Carnaval de Rua de SP. Boa folia!

 

SÁBADO (07/02)

 

“Orra Meu!”
Horário: 15h
O bloco de rua “Orra Meu!” foi criado em 2014 a fim de resgatar a tradição carnavalesca aos moradores do bairro da Mooca, com músicas tradicionais de carnaval e foliões fantasiados. Para 2015 queremos não só proporcionar a alegria de 2014, mas também buscar doações de alimentos não perecíveis para instituições de amparo à criança.

A Ema Gemeu de Canto a Canto
Horário: 14h
Percurso: Em frente ao Canto da Ema, Av. Brigadeiro Faria Lima, 364, Rua Inácio Pereira da Rocha, Mourato Coelho, Wizard, Harmonia, Aspicuelta. Término na Rua Medeiros de Albuquerque, 471, no Bar Canto Madalena.

Bloco de forró fundado em 2014 com o intuito de levar forró ao carnaval de blocos da Vila Madalena, cantando forrós, xotes, arrasta-pés e baião.

Amigos & Cia
Horário: 16h
Percurso: Rua Santo Amaro, Rua Jaceguai, Rua Major Diogo, Rua Santo Antonio, Viaduto Jacareí, Rua Santo Amaro.

Organizado por uma agência de turismo diferenciado, o bloco que leva o mesmo nome esgata os antigos carnavais de rua, baseando-se em marchinhas, confete e serpentina num evento que promove o carnaval em família.

Banda da Diversidade
Horário: 15h
Percurso: Entrocamento da Av. Sapopemba com a Av. Satellite (altura do numero 14.222 da Av. Sapopemba).

O bloco busca, na sua primeira formação, valorizar e dar visibilidade à diversidade, fora do centro da Capital, levar a alegria e colorido e abrir espaço para a comunidade expressar alegremente e fazer parte dessa festa que é de todos.

Bangalafumenga
Horário: 10h
Percurso: Av. Paulo VI.

Desde 2010, desfilamos nas ruas da Vila Madalena. Saímos na Avenida Paulo VI.

Me Fode Que Eu Sou Produção
Horário: Das 15h às 23h30
Percurso: Praça Roosevelt > Martins Fontes > Consolação > Rua Dr. Bráulio Gomes > 7 de Abril > Praça da Republica

O bloco foi criado em 2012 por um grupo de amigos produtores de eventos, cinema, teatro, música, entre outras áreas culturais. E foi no ano de 2013 que esse grupo de amigos saiu com o bloco pela primeira vez da tradicional Praça Roosevelt no sábado de pré-carnaval. 

Odara
Horário: Das 16h às 20h
Percurso: A ideia do Bloco Odara é ficar parado na Praça Horácio Sabino, na Vila Madalena, sem fazer percurso e, portanto, com o fechamento de ruas. Se isso não for possível, a sugestão de trajeto é: concentração na Praça Horácio Sabino, Vila Madalena; entrar na Rua Cristiano Viana à direita, andar dois quarteirões, virar à direita na Rua Amália de Noronha, depois virar à direita na Rua João Moura e percorrer mais dois quarteirões até a Praça Horácio Sabino de novo para a dispersão.

O Bloco Odara nascerá em 2015 do ventre da Festa Odara, que há 8 anos passa por locais lendários da cidade. Atualmente ela acontece no Centro Cultural Rio Verde, na Vila Madalena. Desde 2012, tem sido eleita a melhor festa de música brasileira pelo Guia da Folha de S. Paulo. Já tocaram na festa: Odair José, Karina Buhr, Curumin, Edy Star, Felipe Cordeiro, Marcia Castro, Bárbara Eugênia, Leo Cavalcanti, Kiko Dinucci, entre outros. O Bloco Odara será composto por DJs e grupos de percussão.

Sargento Pimenta
Horário: 13h
Percurso: Av. Paulo VI.
Bloco criado no Rio de Janeiro e tem como foco as músicas dos Beatles.

CaraViva (ANTIGO Nossa Escola)
Horário: Das 16h às 19h
Percurso: Rua Diogo de Faria do 388 até 1338

Nossa Escola faz Carnaval de rua há mais de dez anos (apenas em uma quadra da rua, na frente da escola). A intenção era resgatar os blocos de antigamente com as marchinhas tradicionais. Até 2014, fizemos com crianças de 0 a 6 anos e suas familías. Em 2015, a intenção é ampliar para toda a comunidade escolar e do entorno, descendo a rua da escola, da unidade dos pequenos até a unidade dos grandes (Diogo de Faria do 388 até 1338).

Carnavalesco Carnavelhas
Horário: 0h
Percurso: Avenida Duque de Caxias, Avenida São João e Praça da República.

O Carnavelhas tem como proposta desfilar um bloco independende, com um show de marchinhas uma semana antes do carnaval de 2015. Tem ainda como intuito estimular a discussão sobre o carnaval de rua e sua influência na cultura popular.

Carnavalesco Independente Pimentas do Reino
Horário: Das 14h às 21h
Percurso: Rua Fidalga, Rua Wisard, Rua Girassol, Rua Faisão, Rua Harmonia.

O Pimentas do Reino é um bloco que fomenta a alegria e a espontaneidade no carnaval de rua paulistano ao fazer uma pesquisa estética e de repertório assentada no samba e suas matrizes africanas, trazendo a energia dos ritos ancestrais para fortalecimento de uma identidade brasileira na contemporaneidade. Formado por artistas pertencentes a diversos grupos espiritualistas de São Paulo, o bloco é uma manifestação do povo de terreiro nas ruas, e estabelece um diálogo entre o sagrado e o profano que remonta à tradição dos antigos cordões carnavalescos, que saem dos espaços sagrados dos terreiros e transitam no limiar dessa dualidade para aproximar o homem da natureza e do divino.

Banda Gueri-Gueri
Horário : 14h
Percurso: Av. Pedro Alvares Cabral, contornando no primeiro retorno e voltando à praça.

A Banda Gueri-Gueri é tradicional e nasceu em 1986 no Bar Supremo. Sua concentração ficou na esquina da Rua Oscar Freire com a Rua Consolação de 1986 a 2000. De 2001 a 2004, passou para a praça do Monumento às Bandeiras, onde ficou por alguns anos e retornou em 2014 com enorme sucesso. O Gueri-Gueri sempre fez parte do calendário de eventos da cidade e foi oficializado pela Prefeitura do Município de São Paulo pela Secretaria Municipal da Cultura.

Carnavalesco Sol Arte SF
Horário: 15h
Percurso: Rose Lacombe,nº 270. Gabriel de Carvalho, Garcia de Souza, retornando Rua Rose Lacombe.

O bloco foi fundado em 1984 e trabalha com a comunidade carente local. Sem fins lucrativos, faz trabalhos voluntários nas escolas do bairro.

Ciga-Nos
Horário: Das 18h às 22h
Percurso: Rua Guimarães Rosa (Praça Roosevelt) > Rua Augusta > Rua Martinho Prado > Rua Avanhandava > Rua Martins Fontes > Praça Dom José Gaspar (iniciando na Praça Roosevelt e finalizando na Praça Ramos)

O Bloco Ciga-Nos surgiu em 2014 pela iniciativa do coletivo Venga,Venga! em reunir coletivos e bandas da cidade de São Paulo que trabalham com música oriental, balcânica e cigana para criar o primeiro bloco de carnaval cigano do Brasil.

Contra Mão Santana
Horário: 12h
Percurso: Dr. Cesar, Cel. Lucio Rosales, Alfredo Pujol, Carlos Escobar, Dr. Cesar.

Há muito tempo tínhamos essa ideia e, ao conversar com os amigos, decidimos este ano entrar com tudo no carnaval.

Bloco da Batata
Horário: Das 12h às 19h
Percurso: concentração na Rua Campo Alegre, Padre Carvalho, João Elias Saada, Ferreira de Araújo, Vupabussu, Padre Carvalho, dispersão na Campo Alegre

Bloco da Dita-dura
Percurso: Largo do Arouche; Avenida Vieira de Carvalho; Pça da República; Avenida São Luis e Rua Augusta.

Fundado em 2014 pelos amigos Eden Castelo Branco, Everton Schultz, Renato Alves, Felipe Loberto, o bloco busca criticar de forma descontraída o movimento conservador que propõe a volta do regime militar. As marchinhas são paródias que valorizam a diversidade e os direitos humanos.

Bloco da Ose
Horário: Das 13h às 18h
Percurso: Rua Cristóvão Pereira, Gabriele D’Annunzzio, Edson, Conde de Porto Alegre, João de Souza Dias. Término: Cristóvão Pereira.

O Bloco da Ose, criado em 2009 para relembrar os antigos carnavais de rua do passado, toca só marchinhas e tem a participação de toda a família.

Bloco Soviético
Horário: A partir das 17h
Percurso: Haddock Lobo, 74 com previsão de chegada no Bar do Coco (Rua Fortunato, 64) às 19h.

Para alegria dos foliões esquerdofestivos é com muito orgulho que anunciamos a terceira edição do bloco de carnaval mais revolucionário e lindo a percorrer o glorioso caminho do Tubaína ao #coco. Mantendo a tradição, saímos uma semana antes do carnaval que é pro capitalismo cair a tempo do festerê todo! ♥

Bloco do Onze (11 Primos)
Horário: Das 13h às 18h
Percurso: Rua Amadis n:262,Rua Auri Verde,Rua Vemag,Rua Alvaro Fragoso, Rua Aida, Rua Alvaro Fragoso, Rua Amadis.

O bloco foi fundado em 19/01/2008 por Alberto Lessa, Rogério,Jair,Luis e Devanir com essas pessoas em 2007 surgiu a ideia de fazer um bloco na sede dos XI Primos F.C para alegrar a comunidade do Ipiranga

Bloco do OPA
Horário: 16h
Percurso: Rua Cananéia; Rua Américo Vespucci; Rua Fidélis Papini; Rua Ettore Ximenes.

Bloco do São Jorge

O bloco do São Jorge surgiu de um grupo de amigos a fim de confraternizar e trazer mais alegria ao bairro do Tatuapé, onde famílias, crianças e amigos estiveram juntos pulando nessa festa. Em 2015, nossa ideia é fidelizar esse bloco e trazer para as ruas do bairro a mesma alegria de sempre, agora cadastrados no site da Prefeitura. Em 2014, fizemos uma linda festa com o Bloco Chapéu Atolado e este ano esperamos repetir a dose.

Bloco do Tim Maia
Horário: Das 15 às 17h
Percurso: Saída EMEF Presidente João Pinheiro na Rua Dr. Edgar Garcia Vieira, nº 140 / Rua Cel. Pedro Dias de Campos / Rua Edgar de Sousa, Rua Monsenhor Francisco de Paula / Rua Vieira Pinto, Rua Cel. Pedro Dias de Campos / Rua Dr. Edgar Garcia Vieira, nº 140: EMEF Presidente João Pinheiro

Nascido na zona leste da cidade de São Paulo em 2011, o Grupo Ôncalo difunde o conceito de Street Band, com instrumentos de metais e bateria desmembrada. As apresentações fazem parte do projeto Tim Maia 70, repertório do artista carioca que em 2013 recebeu o patrocínio do Programa de Valorização de Iniciativas Culturais da Prefeitura de São Paulo. Para 2015, o grupo está preparando o Bloco do Tim Maia, nada menos que o repertório de músicas que foram sucesso na voz do síndico do Brasil em formato de marchas de carnaval. 

Filhos da Foto
Horário: Das 9:30h às 12:30h
Percurso: Concentração na Alameda Barão de Limeira, 1500

O Bloco Filhos da Foto começou em 2014 com um grupo de fotógrafos que moram na Alameda Barão de Limeira e proximidades. A grande maioria desses fotógrafos tinha pequeno à época e teve a ideia de sair com as crianças em seus \’carrinhos alegóricos\’ devidamente enfeitados para o carnaval. O sucesso foi tanto que atingiu uma grande turma que simpatiza com fotografia e/ou criança, por isso estimamos o triplo de pessoas em 2015.

Fuzuê SP
Horário: Das 13h às 18h
Percurso: Praça Dom Orione , Rua Rui Barbosa , Santo Antonio , 13 de Maio , Praça Dom Orione

O Bloco Fuzuê SP foi fundado no dia 24 de outubro de 2012 e é uma entidade carnavalesca que traz um fuzuê de alegria, com descontração e profissionalismo. Está focado em ações sociais, por isso nossos eventos, shows e ensaios têm preços simbólico, com a finalidade de arrecadar um quilo de alimentos não perecível para encaminhar a uma instituição que cuida de crianças com câncer a TUCCA . No Natal ou no Dias das Crianças, compramos brinquedos e os distribuímos no bairro da Bela Vista para crianças carentes. Em alguns ensaios, arrecadamos agasalhos e distribuímos nas ONGs.

Mamãe Eu Quero
Horário : 10h
Percurso: Praça Irmãos Karmam e faremos nosso percurso em torno dessa praça, passando pela Rua Pedro da Costa e Rua Pedro Coelho. Como trata-se de um bloco infantil, faremos um percurso pequeno, aproveitando um local que já é ponto de encontro entre as famílias.

Pedra no Rim

Horário: 17h
Percurso: Rua Itapira, Rua da Mooca, Rua Luis Gama, Rua Dom Bosco, Rua Oscar Horta, Rua da Mooca, Rua Itapira
Bloco Pedra no Rim, bairro da Mooca, totalmente familiar, muitas crianças e idosos junto com os jovens foliões, bateria de escola de samba, bandinha e samba de roda, muita diversão. Fundado no dia 03/02/2012 por moradores de um condomínio e amigos das adjacentes, buscando sempre as tradições. amigo do meu amigo é meu amigo esse é nosso lema!

Unidos da Casa Cai
Horário: 14h
Percurso: Todo o Minhocão. Largo Padre Péricles até a Praça Roosevelt.

Bloco formado por estudantes, em sua maioria estrangeiros, residentes na maior república estudantil de São Paulo, a República Internacional UDCC.

Unidos do Acarajé
Horário: 14h
Percurso: Rua Martim Francisco, Rua Imaculada Conceição, à esquerda na Barão de Tatuí, Rua Jaguaribe. Término: Rua Martim Francisco.

Bloco de amigos foliões fundado em 2014 com o intuito de brincar o carnaval. Nasceu de uma grande amizade e da reunião constante em um mesmo bar. Inspirado no prato principal do bar, surgiu o nome do bloco. Está em seu segundo ano de desfile, privilegiando ainda mais a brincadeira de rua, com fantasias, marchinhas tradicionais e de amigos compositores. Espalha muita alegria e axé pelas ruas de Santa Cecília.

Volta Amélia
Horário: Das 17h às 18h
Percurso: Rua Original, Rua Harmonia até a Rua Patizal.

Surgiu na Vila Madalena e foi fundado em 12/06/2014 na abertura da Copa do Mundo por um grupo de amigos que adoram samba e marchinhas de carnaval, além de futebol, é claro. Ensaiam em estúdio e tem algumas apresentações em eventos.

Brás Pereira Banda Show
Horário: 13h
Percurso: Rua Carolina Roque, Rua Atlântico Meridional, Rua Angelo Lupi, Rua Aida Gomes de Toledo, Rua Miguel Roque, Rua João Roque, Rua Fonte Figueira, Av. Imirim (lateral), Praça Guido Giovanni Rocchi, Retorno: Rua João Roque e Rua Carolina Roque.

Desde de 1990, desfila pelas ruas do bairro do Imirim levando alegria e descontração aos foliões imirinenses e região. Sempre com um tema diferente, o bloco carnavalesco vem com seus temas homenageando personagens, artistas, jogadores de futebol, baluartes do samba e valores da cultura nacional. No último desfile, em 2014, teve o enredo: Lixo dá Samba, um tema de alerta e educação.

Carnacol Folia
Horário: Das 14h às 22h
Percurso: Rua Jackson Pollock, Rua Colônia Alemã.

Carnacol Folia é um bloco organizado por moradores do bairro de Colônia, que foi colonizado por alemães. As marchinhas e músicas são sempre inspiradas na cultura alemã e caipira por causa das raízes do bairro.

Chapéu Atolado
Horário: Das 14h às 22h
Percurso: Praça Ituzaingo com a Rua Tuiuti.

Conhecido como o mais animado bloco móvel de carnaval de rua do Brasil, traz o conceito único de reunir e formar grandes amigos, após passar por cidades históricas como Ouro Preto (MG), Muzambinho (MG), Diamantina (MG) e Rio de Janeiro (RJ). O Chapéu Atolado chega ao seu sexto ano consecutivo com objetivo de cravar suas raízes como primeiro bloco de carnaval de rua cadastrado no bairro Tatuapé, muito motivado pela grande maioria dos integrantes do bloco serem nascidos e atuais residentes neste bairro.

Conselho do Samba
Horário: 17h
Percurso: Rua das Cobeias, Rua das Valerianas, Rua dos Geranios, Rua das Giestas, Rua Costa Barros, Largo de Vila Alpina.

O Conselho do Samba foi criado em 2005. É Ponto e Pontão de Cultura e há três anos desfila no bairro da Vila Bela/Vila Alpina e na Estação da Luz, dentro do evento Carnacentro.

Cordão Carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga
Horário: Das 16h às 21h
Percurso: Rua Belmiro Braga, Rua Inácio Pereira da Rocha, Rua Mourato Coelho, Rua Aspicuelta, Rua Harmonia. Término na esquina com a Rua Luís Murat.

O Kolombolo Diá Piratininga foi fundado em 2002 com o objetivo divulgar e valorizar o samba paulista e suas raízes. Seu cordão já desfilou nas ruas do centro de São Paulo em 2006 e 2007 e na Vila Madalena desde 2008, sempre ao som de sambas autorais. Em 2015, o tema será Pai Élcio de Oxalá e o Mundo Mítico de Aruanda nas Sete Linhas da Umbanda Sagrada, em homenagem ao intérprete do cordão, Pai Élcio de Oxalá, e a toda a comunidade, símbolos e culturas que formam a umbanda – uma religião brasileira e que tem no Estado de São Paulo a maior concentração de terreiros do país.

Cordão do Samba do Bule
Horário: 16h30
Percurso: Praça Miguel Forte, Rua Newton Prado, Rua Barra do Tibagi, Rua General Flores, Praça Maimonides-Rabi Moshe Ben Maimon.

Em 2007 nascia o Samba do Bule com o Teatro Popular União e Olho Vivo, grupo com mais de 45 anos de história, dos quais 30 sediados no bairro do Bom Retiro. As rodas de samba do Bule passaram a receber centenas de pessoas e, em 2013, veio o desejo de realizar com a comunidade da região uma festa carnavalesca gratuita numa área carente de eventos culturais. O primeiro desfile foi em um 2 de fevereiro, Dia de Iemanjá, e a ela dedicamos nosso samba, e mesmo com a rua inundada, saímos do mesmo jeito. No segundo ano, com o intuito de reforçar a ideia de que o carnaval é para todos e gratuito, viemos com o enredo Sambar é Resistir. Neste ano de 2015, escolhemos cantar o bairro do Bom Retiro, que é o berço do samba de São Paulo desde décadas passadas e tão bem recebe a comunidade do Samba do Bule.

Fervo da Vila
Horário: 15h30
Percurso: Beco do Batman, Rua Luis Murat, Rua Mourato Coelho, Rua João Miguel Jarra, Praça Marli Noeli Carly Lacerda, Rua João Miguel Jarra, Rua Natingui, Rua dos Macunis, Praça do Pôr do Sol.

O Bloco Fervo na Vila vai à rua propor o diálogo do carnaval de rua paulistano com as linguagens do tradicional carnaval pernambucano. Uma orquestra com mais de 20 músicos será o ponto central do cortejo, que contará ainda com bonecões, estandartes e passistas. O repertório é formado por frevos tradicionais e composições inéditas de artistas paulistanos, arranjados para a orquestra. Este será provavelmente o bloco de rua com o maior número de músicos tocando ao vivo do carnaval de São Paulo.

Festival CCBB de Carnaval de Rua
Horário : Das 12h às 15h
Percurso: Entorno do CCBB São Paulo: Rua Álvares Penteado, Rua da Quitanda, Rua Direita, Rua do Comércio, Rua XV de Novembro, Rua São Bento, Largo São Bento, Páteo do Collegio, Rua Antonio Prado, Largo do Café, Praça da Sé, Largo São Francisco, Largo da Memória e Praça do Patriarca.

A cada ano, o CCBB São Paulo promove um carnaval de rua em homenagem a alguma região. Em 2013, fez o carnaval antigo de São Paulo e, em 2014, o carnaval de Olinda. Para o carnaval de 2015, o CCBB planeja o carnaval inspirado em São Luiz do Paraitinga no período de fevereiro.

Filhos da Santa
Horário: Das 14h às 18h
Percurso: Av. São João, 1.830 (sede), Av. São João, Rua Helvétia, Rua das Palmeiras, Largo de Santa Cecília, Rua Dona Veridiana, Rua Canuto do Val, Rua Martins Francisco, Al. Glete, Av. São João, 1.830 (sede).

Fundado em 2 de outubro de 2009, o bloco carnavalesco Filhos da Santa vem resgatar a antiga e tradicional forma de comemorar o carnaval com a comunidade festejando na rua. Nossa fundação surgiu em torno da roda de samba que se apresenta todas as noites de sexta-feira no Largo da Igreja Santa Cecília desde 1999. No dia de nossa fundação, ao redor da roda de samba, foi realizada uma consulta entre os frequentadores e escolhido o nome do bloco e as cores do seu pavilhão: branco, azul e dourado.

Galosamba
Horário : 15h
Percurso: Rua Dona Germaine Buchard e Rua Dona Ana Pimentel.

A Galosampa é já, há 13 anos, a reunião dos mineiros que torcem para o Galo em São Paulo e, agora, foi criado o bloco carnavalesco Galosamba.

Gremio Recreatico Bloco Carnavalesco Manga Rosa
Horário: Das 13h às 18h
Percurso: Av. do Cursino, Rua Fco Dias, Rua Filipe Cardoso, Av. Cursino, Rua Araxás, Rua Quisiana, Av. do Cursino.

Pensando no resgate dos carnavais de rua em São Paulo, na integração de famílias dos amigos e diversão foi que o fundador e presidente do Bloco Manga Rosa, Paulo Duarte, inspirou-se para sua criação.

GRESC Comunidade Memo Memo
Horário: Das 15h às 20h
Percurso: Rua José Rangel de Camargo (esquina com a Rua Santa Eudóxia), Rua Santa Eudóxia, Rua Armando Coelho Silva, Rua Gabriel Covelli até o número 918 (sede do GRESC Comunidade Memo Memo).

Nascido em 2001 na Rua Gabriel Covelli, Parque Peruche, Casa Verde, zona norte de São Paulo, foi criado primeiramente como um time de futebol de salão que, na categoria amador, ganhou vários títulos de 2001 a 2007, ficando muito conhecido por esses feitos. Logo após surgiu também o time de futebol de campo que joga até hoje. Em 2009, nasceu então o bloco que desfila pelas ruas do bairro e que a cada ano vai ganhando mais adeptos.

Leopoldina Tá Em Festa
Percurso: Rua Carlos Weber (alt. da Rua Nanuque), Rua Mergentalher.
Bloco carnavalesco fundado por moradores da região com intuito de divulgar marchinhas de carnaval do passado para os moradores e também para provocar neles uma maior confraternização pelo alto crescimento populacional na região.

Liberte a Ivonete
Horário: Das 14h às 20h
Percurso: Rua Verbo Divino (altura nº 1.210), Rua Pais da Silva, Rua Alexandre Dumas, Rua Antonio de Oliveira, Rua Verbo Divino.

O bloco Liberte a Ivonete desfila na Rua Verbo Divino desde 2007. Tem como objetivo principal resgatar para as ruas de São Paulo as tradicionais marchinhas de carnaval. Todo ano um grande personagem do samba é homenageado pelo bloco, nestes sete anos já foram homenageados Jamelão, Cartola, Pixinguinha, Vinicius, Braguinha, Noel Rosa e Martinho da Vila. Seu símbolo é a Ivonete, uma boneca inflável que desfila junto com os foliões.

Bloco Loveblock
Horário: Das 15h às 20h
Percurso: Rua Cojubá, Rua Lopes Neto.

O Loveblock surge de um coletivo de pessoas que são fundadores de espaços de co-working, escolas de inovação, incubadoras de negócios sociais e iniciativas que trabalham com o tema Amor, como Aqui Bate um Coração, Movimento Buena Onda e outros parceiros. Resolvemos criar um bloco como expressão musical desse novo mundo que já surgiu e que pede mais amor. Todos os fundadores têm extensa experiência em produção de eventos culturais de forma colaborativa, em eventos de rua, sempre com o objetivo de deixar o local melhor do que foi encontrado.

Bloco Moocarnaval
Horário: 17h
Percurso: Rua Jaibarás, Av. Cassandoca, Rua Jerônimo de Mendonça, Rua Catarina Braida, Rua Taquari e Rua Bresser entrando no Clube Escola Mooca.

Fundado no ano de 2014, o bloco Moocarnaval de Rua nasceu de uma iniciativa pioneira da Subprefeitura Mooca de fomentar a tradição do bloco de rua para que todos pudessem participar da festa, do mais pobre até o mais rico, e fazer também a integração da comunidade que, às vezes, parecia não compartilhar do mesmo bairro ou da mesma rua. Inicialmente o projeto foi introduzido no bairro da Mooca (Moocarnaval de Rua) e agora será elevado a outros distritos do Belém (CarnaBelém) e Tatuapé (Tatuapé Folia). Em ambas as festas, as atrações terão essencialmente marchinhas antigas tocadas pela tradicional Banda do Candinho e grupos de samba locais.

NuInteressa
Horário: 15h
Percurso: Rua Filinto de Almeida, Rua Costa Lobo, Rua Jericó, Rua Purpurina, Rua Fradique Coutinho.

O bloco Nu’Interessa terá em 2015 sua décima primeira apresentação. Criado como uma iniciativa beneficente, arrecadamos recursos por meio de eventos carnavalescos feitos para o público familiar. Atendemos instituições de fomento cultural para crianças carentes, colaboramos na compra de remédios e alimentos para entidades que cuidam de pessoas marginalizadas e realizamos projetos voltados à preservação da Mata Atlântica para contribuir para a preservação do meio ambiente. Resumindo, temos o propósito de contribuir para ações culturais, sociais e ambientais.

Pardais da Pompeia
Horário: 17h
Percurso: Esquina da Rua Padre Chico com a Rua Caraíbas até a Rua Ministro Ferreira Alves e volta

O bloco começou em 2007 reunindo alguns amigos que frequentavam um bar num momento específico do grupo.

Perdendo a Linha
Horário: Das 15h às 18h
Percurso: Rua Regente León Kaniefsky, Rua dos Três Irmãos, Rua Amélia Corrêa Fontes Guimarães, Rua José Jannarelli, Rua Regente León Kaniefsky.

Esta será nossa terceira edição. Surgiu da necessidade de brincarmos o verdadeiro carnaval de rua com marchinhas e muita alegria.

Queimando a Largada

Horário: 18h
Percurso: Saída – Praça Dom José Gaspar … Rua Marconi … Rua Barão de Itapetininga … Rua Dom José de Barros … Rua 7 de Abril …. (chegada) Praça Dom José de Barros

O bloco é formado por amigos que resolveram montar um festa de rua dedicada a todo mundo que está ansioso muito antes do sambódromo esquentar os tamborins.

Rolezinho da Crioula
Horário: 16h
Percurso: Inácio Pereira da Rocha, 177

O Rolezinho das Crioulas, quer ocupar a Vila Madalena, o bairro dos ‘descolados’ da cidade. A idéia do tema. Propiciar um momento para trazermos questões como o racismo à tona. Queremos ocupar o espaço público e tratar de forma leve e divertida a questão.

Turma do Funil
Horário: 16h
Percurso: Av. 11 de Junho, 350 (quase esquina com 1º de Janeiro), à esquerda na Rua Napoleão de Barros, Av. Dr. Altino Arantes, à esquerda Rua 3 de Maio, Rua Dr. Luiz Azevedo Filho, à esquerda na Rua 1º de Março, à esquerda na Av. 11 de Junho, à direita na Rua 3 de Maio, à direita na Rua Mirassol, atravessa a Rua 1º de Janeiro, à direita na Rua Machado Bitencourt, à direita na Avenida 11 de Junho. Término: Av. 11 de Junho, 350.

Ao som da marchinha Turma do Funil (versão de Chico, Tom e Miúcha), que sempre tomava conta das nossas festas, dançávamos e criávamos coreografias. Um dia resolvemos formar um bloco de carnaval que teve até ata de fundação. Saímos e éramos uns 30 gatos pingados, felizes da vida, no dia 22 de fevereiro de 2010, em um sábado antes do carnaval, atrás de um Fiat Uno elétrico. Subimos a Rua Padre Machado, a Rua 11 de Junho até a 1º de Janeiro e voltamos. Nunca mais paramos. Apenas a ata de fundação desapareceu.

Unidos do Baixo Higienópolis
Horário: 16h
Percurso: Rua Lopes Chaves, Rua Brigadeiro Galvão, Rua do Lavradio, Rua Barra Funda e Rua Lopes de Oliveira.

Em 2010, um grupo de cinco amigos resolveram pular o carnaval na cidade maravilhosa e se apaixonaram pelos blocos de rua. De lá pra cá, reuniram outros amigos numa rua na Barra Funda para a realização de um criativo grito de carnaval. A palavra Baixo, presente no nome, é em homenagem ao “Baixo Augusta” e a “Higienópolis”, um recalque por morarmos tão próximos a um bairro tradicional, de elevada classe social, e que não comemora em suas ruas o carnaval.

Unidos do Grande Mel
Horário do percurso: 17h
Percurso: Percurso a ser definido em parceria com a CET e Prefeitura. Nossa sugestão por hora é: Concentração do Bloco no Largo do Arouche, passando pela rua Vieira de Carvalho, seguindo contornando a Praça da República, Avenida São Luiz até chegar à Praça Dom José Gaspar onde a festa Mel seguirá até sua dispersão.

Bloco de carnaval da Festa Mel, projeto cultural, festivo e artístico realizado desde maio de 2014 na Praça Dom José Gaspar em São Paulo. Mel é um coletivo de artistas, músicos, bailarinos, DJs, estilistas e produtores audiovisuais que tem como objetivo criar campos de lazer gratuitos na cidade, assim como estimular a produção de pensamento crítico político, social e cultural por meio de ações gratuitas de cultura e entretenimento.

Unidos Venceremos
Horário: Das 16h às 21h
Percurso: Rua Belmiro Braga, Rua Inácio Pereira da Rocha, Av. Pedroso de Morais e Rua Coropé, Largo da Batata.

Rumo ao seu décimo ano de carnaval, o bloco Unidos Venceremos foi batizado pelo Seu Nenê de Vila Matilde, um dos maiores sambistas paulistanos de todos os tempos, e defende o samba raiz cantando suas próprias canções e alguns clássicos de figuras lendárias, como Adoniran Barbosa (bonecão do bloco). Com alegoria em azul e amarelo, ala das crianças e muita história para contar, o bloco encanta a todos por onde passa com seu clima, que lembra os tempos dos antigos carnavais.

Vendo a Lapa Subir
Horário: 15h
Percurso: Rua Aurélia, Rua Marco Aurélio, Rua Feliz Della Rosa, Rua Prof. Ciridião Buarque, Praça Rio dos Campos, Av. João Matias, Rua Ministro Sinésio Rocha.

Bloco carnavalesco que se propõe a manter a tradição do samba em um dos bairros tradicionais da cidade de São Paulo. Fundado em 2014, procura estimular a produção de samba e o desenvolvimento artístico no bairro da Vila Romana.

Xaranga da Pompeia
Horário: 17h
Percurso: Praça Vicente Tramonte Garcia, Rua Ministro Sinésio Rocha, Praça Rio dos Campos, Rua Mario Cardoso, Rua Epaminondas Lobo, Rua Daniel Cardoso, Rua Dr. Miranda de Azevedo, Rua Gurupá, Praça Araçariguama, Rua Bica de Pedra, Rua Mundo Novo, Rua Feliz Della Rosa, Rua Estevão Barbosa, Rua Ministro Sinésio Rocha, Praça Vicente Tramonte Garcia.

Bloco fundado para o divertimento da comunidade de Vila Pompeia, Vila Anglo Brasileira e Sumarezinho, a princípio nos concentrávamos na rua e tínhamos cerca de 300 participantes saindo pelo bairro com banda carnavalesca, só tocando marchinhas tradicionais de carnaval. Hoje a concentração é feita em uma praça e estamos com quase 1.000 participantes, por isso alugamos um trio elétrico de pequeno porte e a banda de marchinhas.

Xique Xique Do Cairo
Fundado em 2013, teve a sua primeira manifestação em 2014. A ideia é reviver os desfiles das escolas de samba da Av. São João. Com música própria, o bloco fez uma homenagem aos antigos carnavais de São Paulo. No primeiro ano, tivemos aproximadamente 250 pessoas e acreditamos que, em 2015, teremos em torno de 400 pessoas. O bloco fica apenas no trecho da calçada entre a Avenida São João e Rua Pedro Américo, com música ao vivo e muito diverção. Temos cadastro no carnaval de 2014, na Prefeitura e no Detran.

Batucada Samba Clube
Percurso: Concentração: Av. Caxingui
Concentração na Rua Lopes de Oliveira > Rua Lopes de Oliveira > Rua Conselheiro Nébias > Rua Eduardo Chaves > Rua Guaianazes > Alameda Eduardo Prado, 342.

O Batucada Samba Clube é uma escola de samba, mas aqui nós criamos nossos próprios quesitos. O Batucada Samba Clube é um bloco de carnaval, mas aqui todo domingo tem desfile. O Batucada Samba Clube é uma banda, mas aqui sempre cabe mais um músico. O Batucada Samba Clube é uma bateria universitária, mas aqui os bixos são dinossauros. O Batucada Samba Clube é um sonho, mas aqui o sonho não acaba.

 

DOMINGO (08/02)

 

Acadêmicos do Baixo Augusta
Horário: Das 14h às 18h
Percurso: Rua Augusta, entre Rua Costa e Rua Dona Antonia de Queiroz. O cortejo desce a Rua Augusta até a Praça Roosevelt, onde termina.

Fundado em 2009, saiu na rua pela primeira vez em 2010. Hoje o bloco desce a Rua Augusta sempre um domingo antes do carnaval. Em 2014, a SPturis considerou o maior bloco da cidade e estimou um público de 40.000 pessoas.

Baco do Parangolé
Horário: Das 11h30h às 17h
Percurso: Rua Nicolau Gagliardi, Rua Vapabussu, Rua Padre Carvalho, Rua Paes Leme, Largo de Pinheiros.

Fundado às vésperas do carnaval de 2014 por membros do Instituto Pedra, Gafieira João de Barro, Saraumberê e amigos, o Baco do Parangolé faz homenagem ao deus romano do vinho (e das festas) e à obra de Hélio Oiticica, que encoraja a expressão popular de vestir-se espontaneamente com o intuito de se divertir cantando e dançando.

Banda Deco
Horário: 10h
Percurso: Av. Eng Heitor Antônio Eiras Garcia, João Casa Grande, Otacílio Tomanik, Praça Isair Lener, Av. Eng Heitor Antônio Eiras Garcia.

Fundado em 20 de novembro de 1995 por um grupo de amigos amantes do samba e foliões de escolas de samba paulistas e frequentadores do bar do deco, que deu nome e inspiração à Banda Deco.

Banda do Fuxico
Horário: Das 5h às 23h
Percurso: Início do percurso: Avenida Doutor Vieira de Carvalho, passando pela Praça da República, Avenida São Luiz, Rua Xavier de Toledo, Praça Ramos de Azevedo, Theatro Municipal, Rua Conselheiro Crispiniano, Largo do Paissandu, Avenida São João, Avenida Ipiranga, Rua da Consolação, Rua Rego Freitas e finalizando no Largo do Arouche.

Nascida da ideia de resgatar a folia dos velhos carnavais de rua, Roberto Mafra, seu idealizador, fez da banda referência nacional no segmento de blocos de rua. É hoje a banda oficial de abertura do Carnaval de São Paulo, em parceria com a SPTuris e a Prefeitura de São Paulo, graças à grande massa de participantes que a banda vem ganhando, além do trabalho sociocultural que desenvolve. Conscientizar e levar conhecimento de leis pertinentes à comunidade LGBT para garantir os direitos e deveres. Arrecadar alimentos não perecíveis e agasalhos para entidades assistenciais de atendimento a crianças e travestis portadoras de HIV abandonadas.

Bloco BregsNice
Horário: Saída às 15h
Percurso: Sacolão Vila Madalena, seguindo pela Rua Aspicuelta; esquerda na Fradique, direita na Inácio, direita na Mourato Coelho, direita na Wisard, esquerda na Fidalga, parando na esquina com Purpurina ou na praça no final da rua.

O Bloco BregsNice promove a cultura popular brega em composições clássicas adaptadas para o ritmo carnavalesco com muito bom humor e boa música.

CarnaBronks
Horário do percurso: 15h
Percurso: Saida: Rua Ilhada Juventude, Rua Joaquim Pimentel, Rua João Amado Coutinho, Avenida Elisio Teixeira Leite, Rua Egidio Felini, Rua João Amado Coutinho. Chegada: Rua David Belasco.

A iniciativa de criar um bloco na comunidade veio de alguns integrantes da associação AME (Arte, Música e Esporte), que fica na zona norte de São Paulo, no bairro da Cohab de Taipas, em meados de 2013. A ideia é proporcionar à comunidade o lazer e a confraternização dos moradores do bairro e, principalmente, a cultura do carnaval de rua.

Carnavalesco Atrás do Copo
Horário: Das 12h às 18:30h
Percurso: Rua Rui Rodrigues Dória, 483.

O bloco foi formado por uma união de amigos do bairro de Veleiro, onde entre eles se reuniam para festejar o carnaval tomando uma cerveja gelada.

Bloco da Abolição
Horário do percurso: 12h
Percurso: Praça Cel. Craveiro Lopes, Rua Abolição, Rua São Domingos, Rua Major Diogo, Rua Santo Antônio,Praça Cel. Craveiro Lopes.

O Bloco da Abolição é uma iniciativa dos movimentos populares e de sindicatos que atuam no bairro do Bixiga. O foco central é trazer ao carnaval de São Paulo uma proposta criativa, lúdica e alegre, sem perder o tom de crítica social ou deixar de responder a propostas e anseios de uma sociedade mais justa. O Bloco da Abolição foi fundado em 2011 e, deste então, sai com muita irreverência pelo bairro da Bela Vista.

Bloco de Empolgação Pitbull Banguela
Horário: Das 15h às 21h
Percurso: Rua Camilo com a Rua Catão, à esquerda na Rua Marcelina, à direita na Rua Marco Aurélio, à direita na Rua Bento de Abreu, Rua Catão e ao ponto de partida.

O Bloco de Empolgação Pitbull Banguela é uma das criações artísticas da Cia de Arte KNU, coletivo criado em 2010 pelos artistas Katita, Negroni e UMANTO, que desenvolve trabalhos para a valorização da cultura popular brasileira utilizando o hibridismo de linguagens (música, teatro, artes plásticas, dança e plataformas digitais) que despertem a reflexão histórica e pedagógica de crianças, jovens e adultos com foco na utilização racional e sustentável dos materiais cênicos.

Bloco do FICO “Como Antigamente”
Horário: Das 13h às 18h
Percurso: Rua dos Sorocabanos esquina com Agostinho Gomes, Silva Bueno, Patriotas, Bom Pastor, Rua dos Sorocabanos.

Bloco carnavalesco que visa resgatar a história do carnaval paulista com as marchinhas, o concurso de fantasias e os carros particulares alegóricos relembrando os corsos, com a proposta social de arrecadação de alimentos para as comunidades mais carentes do Ipiranga.

Bloco do Ó
Horário: 11h
Percurso: rua Horácio lane, Ignácio Pereira da Rocha, Mourato Coelho, Aspicuelta, Fidalga.

O bloco fez seu primeiro cortejo em 2005 levando para a rua parte das manifestações musicais que aconteciam no Ó do Borogodó. Mantendo as tradições carnavalescas, o bloco toca marchinhas clássicas, ranchos, frevos, sambas e sambas-enredo.

Bloco do São Jorge
Horário: Das 11h às 21h
Percurso: Rua Tuiuti, Rua Demetrio Ribeiro, Praça Ituzaingo

O bloco do São Jorge surgiu de um grupo de amigos a fim de confraternizar e trazer mais alegria ao bairro do Tatuapé, onde famílias, crianças e amigos estiveram juntos pulando nessa festa. Em 2015, nossa ideia é fidelizar esse bloco e trazer para as ruas do bairro a mesma alegria de sempre, agora cadastrados no site da Prefeitura. Em 2014, fizemos uma linda festa com o Bloco Chapéu Atolado e este ano esperamos repetir a dose.

Bloco do Tucanistão
Horário: 15h
Percurso: A concentração acontece no Largo do Arouche, saindo pela Avenida São João, subindo ao Minhocão pela entrada da Helvética, dando a volta e já descendo na saída da Sta. Cecília e voltando pela rua Sebastião Pereira e retornando ao Largo do Arouche.

O Bloco do Tucanistão surgiu de uma demanda de retornar ao carnaval as marchinhas de cunho político, que expressam os anseios locais. O termo Tucanistão foi copiado do artigo escrito por Vladimir Safatle para o jornal Folha de S. Paulo de 5 de agosto de 2014.

Feliz da Vila
Horário: Das 16h às 17h
Percurso: 1) Praça CENTENÁRIO entre R. MARINO FELIX e R. BARORE – 2) R. DR. CESAR CASTIGLIONI JUNIOR e R. BERNADINO FANGANIELLO – 3) R. BERNADINO FANGANIELLO entre R. DR. CESAR CASTIGLIONI JUNIOR e R. JOÃO RUDGE – 4) R. JOÃO RUDGE até R. ENGENHEIRO WALTHER BUFF (PRAÇA JOSÉ TOMASELI)

Assim nasceu o Bloco Feliz da Vila: para resgatar a cultura dos blocos de rua em São Paulo no bairro da Casa Verde, reduto do Samba. Criamos o bloco para favorecer a integração entre moradores e comunidades e contamos com a ajuda de amigos amantes da cultura mais rica do nosso país, o samba. Músicos de várias escolas, grupos de samba participam.

Não Serve Mestre
Horário: Das 14h às 18h
Percurso: Rua Rodésia, 484 até a Rua Fradique Coutinho.

Nosso bloco foi formado por amigos que trabalham com música, tem 22 componentes, tocamos desde as famosas marchinhas de carnaval até as releituras de MPB/samba. A intenção é fazer o menor percurso do carnaval de São Paulo. Saímos da Rua Rodésia e andamos 50 metros, voltamos ao final da rua, onde o bloco continua tocando parado. O nome Não Serve Mestre, pois o bloco foi composto sem mestre de bateria, deixando os músicos livres em seus arranjos. 

Nois Trupica Mais Não Cai
Horário: 15h
Percurso: Rua Belmiro Braga, Rua Inácio Pereira da Rocha, Rua Mourato Coelho, Rua Aspicuelta, Rua Fidalga, Rua Purpurina, Rua Harmonia – término no último quarteirão da Rua Harmonia.

O Bloco Nois Trupica Mais Não Cai é um movimento carnavalesco contemporâneo que se identifica com a preservação do ato de brincar o carnaval de rua em sua essência histórica. Nasceu do encontro informal entre jovens amigos músicos que, em 2005, experimentaram a ideia de tocar na rua durante o carnaval. 

Por Um Belém Melhor
Horário: 15h
Percurso: Largo São José do Belém, Júlio de Castilhos, Dr. Clementino, Prof. Rodolfo São Thiago, Av. Álvaro Ramos, Irmã Carolina, Marquês de Abrantes, Herval, Elói Cerqueira, Cajuru. Chegada: Largo São José do Belém.

Nosso bloco foi fundado pelos moradores do bairro do Belém – São Paulo em novembro e 2013 e temos a preferência por marchinhas e carnaval. Esperamos unir ainda mais os moradores e comerciantes do bairro.

Bloco Quizomba
Horário: 14h
Percurso: Praça Caetano Fraccaroli na Av. Paulo VI em direção a Henrique Schawmann.

O Bloco Quizomba foi fundado em 2001 no Rio de Janeiro, no Bairro da Lapa, e tem até hoje como sede o Circo Voador, uma das casas de show mais importantes do cenário cultural do país. O bloco chegou a São Paulo em 2010 como oficina de percussão para o público paulista com o intuito de formar uma bateria que, além de samba, pudesse também tocar outros ritmos, como as marchinhas de carnaval, frevos, quadrilhas, afoxés, rock, entre outros ritmos desenvolvidos pelos músicos do bloco. Nos carnavais de 2013 e 2014, realizou uma positiva parceria com o Bloco do Baixo Augusta, formando a bateria do bloco. O Quizomba tem como sede em São Paulo o espaço cultural Jongo Reverendo, que fica na Rua Inácio Pereira da Rocha, Vila Madalena. Hoje são 70 alunos paulistanos inscritos na oficina e estarão presentes no desfile de rua do bloco no carnaval de 2015.

Sambistas do Asfalto
Horário: Das 14h às 19h
Percurso: Avenida José Borges do Canto.

Integrado por jovens que são amantes do carnaval paulistano, o Bloco Sambistas do Asfalto tem como principal missão divertir as pessoas, sem discriminação, todos são bem-vindos. Fundado em 7 de outubro 2013, integra a Associação São Paulo Diferenciado – ASPD, importante Organização da Sociedade Civil de Interesse Público da cidade.

Bloco São Jorge
Horário do percurso: 16h
Percurso: Av. Marechal Argolo Ferrão, 15, Av. Milton da Rocha, Rua Goianésia, Rua Canapolis, Av. Gustavo Aldolfo, Praça Angelo Conti. Término: Av. Marcehal Argolo Ferrão, 20.

Um grupo de amigos apaixonados pelo samba e pelo carnaval traz, em uma conversa informal, o desejo de criar uma escola de samba. Em um outro momento, amadurecem a ideia e, no dia 23/04/2005, efetivamente, concretizam a fundação da escola, registrada em ata e estatuto.

Ton Ton
Horário: Das 13h às 15h
Percurso: Avenida Ede, Crispin Duarte, Avenida Conceição, Avenida Ede.

Fundado por um grupo de amigos nos anos 90, ficou um tempo parado porque cada um seguiu a sua vida, sem tempo de dar continuidade ao projeto. Há 3 anos, estamos de volta para dar alegria a nossa comunidade, que sempre foi apaixonada pelo carnaval e não paramos mais e nem vamos parar. Pinga mas não seca, Ton Ton Club – Vila Ede.

Bloco Zica
Horário: 12h
Percurso: concentração na Estação Fradique Coutinho e dispersão na Rua Inácio Pereira da Rocha, 141

O Bloco Zica surgiu em 2013 com a proposta de integrar o carnaval de rua com o carnaval de salão. Em 2013, desfilou na Rua da Consolação e, em 2014, saiu do Largo da Batata até Rua Aspicuelta, sempre terminando com bailes em salão fechado. Em 2015, o bloco sairá pela Vila Madalena novamente.

Conselho do Samba
Horário do percurso: 17h
Percurso: Rua das Cobeias, Rua das Valerianas, Rua dos Geranios, Rua das Giestas, Rua Costa Barros, Largo de Vila Alpina.

O Conselho do Samba foi criado em 2005, é Ponto e Pontão de Cultura e há três anos desfila no bairro da Vila Bela/Vila Alpina e na Estação da Luz, dentro do evento Carnacentro.

Cordão Carnavalesco Confraria do Pasmado
Horário: 12h
Percurso: Av. Faria Lima com Av. Pedroso de Moraes até o Largo da Batata.

Carnaval brega, carnaval rock’n’roll, carnaval tipo carioca. Muitos são os tipos e modas de blocos de carnaval que surgiram nos últimos anos. Mas, desde 2003, o Cordão Carnavalesco Confraria do Pasmado (CCCP) organiza em São Paulo um tipo muito específico de carnaval: o anarco-carnaval. Aqui tem de tudo, samba-axé, samba-canção e até samba-enredo. No carnaval do Pasmado, como é carinhosamente chamado pelos foliões, só há uma regra: a fantasia e bom humor são obrigatórios. 

Cordão do Congo
Horário: 15h
Percurso: Rua Raulino Galdino da Silva, Matias Arrudão, Rua Tomas Rabelo e Silva, Manuel de Souza Azevedo, Joaquim Ribeiro, Maria Nazaro da Silva, Raulino Galdino da Silva.

O cordão carnavalesco teve início em 2013. Desfila uma vez por ano, no fim de semana que antecede o carnaval, mais especificamente no domingo. O Cordão Carnavalesco do Congo trilha pelas ruas do bairro da Brasilândia e Morro Grande, tocando e cantando marchinhas e samba nos moldes dos antigos carnavais para propiciar aos moradores da região momentos de alegria, lazer e descontração da forma mais espontânea e natural dessa tradicional festa popular. Este ano, o tema da marchinha será o bairro do Morro Grande, onde surgiu a frente de resistência Samba do Congo.

Festival CCBB de Carnaval de Rua
Horário: Das 15h às 17h
Percurso: Entorno do CCBB São Paulo: Rua Álvares Penteado, Rua da Quitanda, Rua Direita, Rua do Comércio, Rua XV de Novembro, Rua São Bento, Largo São Bento, Páteo do Collegio, Rua Antonio Prado, Largo do Café, Praça da Sé, Largo São Francisco, Largo da Memória e Praça do Patriarca.

A cada ano, o CCBB São Paulo promove um carnaval de rua em homenagem a alguma região. Em 2013, fez o carnaval antigo de São Paulo e, em 2014, o carnaval de Olinda. Para o carnaval de 2015, o CCBB planeja o carnaval inspirado em São Luiz do Paraitinga no período de fevereiro.

Finge Que Sai
Horário: Das 16 às 22h
Percurso: Praça do Beco, Rua Belmiro Braga

Bloco oficial do Espaço Cultural Puxadinho da Praça surgiu da vontade de celebrar e reunir foliões e amigos que compartilham de um dos principais palcos da cena independente em São Paulo. O Finge que Sai aportará na Rua Belmiro Braga levantando o estandarte da música autoral independente no carnaval de São Paulo num movimento autônomo e livre de cordas.

Flamengo de Vila Maria
Horário do percurso: 19h
Percurso: Ruas Dias da Silva nº 457, Maria José Barone Fernandes, Rua Amambaí, Rua Margarino Torres, Rua Eli, Rua Diamantina retornando para Dias da Silva.

Começamos com o bloco do Flamengo, só com a nossa comunidade, usávamos o banheiro da nossa sede, barracas e banda contratada para marchinhas de carnaval e hoje já fechamos a rua, temos vários apoios e nossa própria bateria para alegria dos foliões.

Gambiarra – O Bloco
Horário: 16h às 20h
Percurso: Avenida Paulo VI, embaixo do viaduto da Avenida Dr. Arnaldo (Metrô Sumaré), Avenida Henrique Schaumann. Término: Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima.

A festa Gambiarra é a maior festa de música brasileira da cidade e reúne jovens de todas as classes e orientações sexuais. Em 2015, pretendemos levar a Gambiarra ao carnaval de rua de São Paulo, ampliando ainda mais essa celebração da música brasileira. A fundação do bloco foi feita em comemoração aos sete anos da festa reunindo o nosso público na rua.

GRC Bloco Amigos Da Vila Mariana
Horário do percurso: Das 12h às 20h
Percurso: Rua Pelotas, Rua Bage, Rua Dr. Amâncio de Carvalho, à direita Rua Pelotas. Provável alteração para 2015.

O Amigos da Vila Mariana foi fundado em 2001 por amigos moradores do bairro, tradicionalmente tem uma concentração na rua, posterior desfile com bateria e carro de som, venda de camisetas aos foliões e posterior dispersão no mesmo local da concentração. O primeiro desfile contou com aproximadamente 200 foliões, tendo mais de quatro mil no último desfile.

Grêmio Recreativo Toka Aki
Horário: Das 15h às 19h
Percurso: Rua Fradique Coutinho (prox. da Praça Georges Braque), Rua Arapiraca, Rua Delfina, Rua Turi, R. Natingui. Término: Praça das Corujas.

O Toka Aki é um coletivo de batuqueiros de vários blocos que se propõe a proporcionar uma primeira experiência de carnaval de rua para qualquer pessoa, adulto ou criança, inclusive sem aptidão musical. Uma proposta de carnaval família, para pais, filhos e conhecidos.

O que reluz é ouro
Horário do percurso: 16h
Percurso: Concentra na Mourato Coelho X Cardeal e vai até a Mourato X Aspicuelta

Bloco recém-criado, apenas com metais e instrumentos de sopro.

Pardais da Pompeia
Horário: 17h
Percurso: Esquina da Rua Padre Chico com a Rua Caraíbas até a Rua Ministro Ferreira Alves e volta

O bloco começou em 2007 reunindo alguns amigos que frequentavam um bar num momento específico do grupo.

Bloco Tropicaos
Horário: 14h
Percurso: Avenida Francisco Matarazzo (Parque da Água Branca até o nº 2.000/Casa das Caldeiras).

Tropicaos é um cortejo em forma de bloco de carnaval, nascido da festa itinerante Calefação Tropicaos, que há quatro anos e meio promove encontros festivos em diversos pontos públicos de São Paulo, de clubes noturnos a parques e praças públicas. Já participou de produções coletivas em parceria com a Prefeitura de São Paulo, como os eventos: SP na Rua e Virada Cultural, e trabalha na ativação lúdica de forma independente em diversos locais da cidade. A ideia do bloco é promover o cortejo ao som de ritmos do Nordeste, como o frevo e o forró, mesclando a ritmos latinos como a cúmbia.

YAYARTES Bloco Carnavalesco Casa de Dona Yayá
Horário: Das 10 h às 13 h
Percurso: Rua Coração da Europa, Rua Conselheiro Carrão, Rua 13 de Maio, Praça Dom Orione, Av. Rui Barbosa, Rua Conselheiro Carrão, Rua Major Diogo até a Casa de Dona Yayá.

Em março de 2000 nasceu o YAYARTES Bloco Carnavalesco Casa de Dona Yayá, uma união de mulheres do município de São Paulo. O YAYARTES foi pensado para chamar a atenção para a Casa da Dona Yayá, desocupada desde 1961 com a morte de sua mais famosa moradora e incentivar a discussão de seu uso pela comunidade. O Bloco da Dona Yayá sai às ruas do Bixiga todo domingo anterior ao domingo de carnaval. Seu trajeto inclui uma parada na Casa de Dona Yayá, que desde 2004 funciona o CPC da USP.

Sem mais artigos