A Prefeitura de Salvador emitiu nota à imprensa, no fim da tarde desta sexta-feira (28), informando que o camarote de Ronaldinho Gaúcho foi embargado pela Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) e não funcionará no bairro de Ondina, onde está um dos circuitos mais famosos do Carnaval brasileiro.

O motivo do embargo foi a falta de pagamento de taxas apropriadas para o funcionamento do camarote do jogador de futebol durante as noites de Carnaval. O embargo só será revertido quando forem pagas as taxas e multas.

Leia a nota abaixo:

“O Camarote de Ronaldinho, localizado em Ondina, acaba de ser embargado por fiscais da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom), por não ter pago as taxas devidas para a instalação e exploração da atividade durante o Carnaval. O embargo só poderá ser revertido após a quitação da dívida”.

Sem mais artigos