A partir deste sábado, 23, já é possível conferir a exposição Kurosawa – Criando Imagens para Cinema, no Instituto Tomie Ohtake.

Trata-se de uma homenagem ao centenário do nascimento do célebre diretor japonês Akira Kurosawa (1910-1998), realizada pela organização da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que contará com 80 storyboards desenhados por ele próprio.

Akira Kurosawa queria originalmente ser pintor e era tão obcecado pelo visual estético de seus filmes que desenhava os storyboards, garantindo que cada cena fosse precisamente reproduzida de acordo com sua concepção. Por mais incrível que pareça, ele chegava a desenhar até as expressões faciais que queria que cada ator fizesse.

Cinema desenhado

Até o maior gênio do cinema japonês tinha dificuldade em obter financiamento de seus filmes. Foi o caso de Kagemusha, nos anos 80. Isso se tornou a mola propulsora para que Kurosawa desenhasse o que pretendia filmar, para não perder as ideias das cenas.

“Ele tomou gosto pela coisa e fez isso em todos os longas seguintes”, conta Ricardo Ohtake, diretor-geral do Instituto Tomie Ohtake.

Serviço:

Kurosawa – Criando Imagens para Cinema
De 23 de outubro a 28 de novembro
Terça a domingo, das 11h às 20h
Instituto Tomie Ohtake – Av. Faria Lima, 201 (entrada pela Rua Coropés)
Entrada franca

Informações: 11 2245-1900

Sem mais artigos