O cineasta brasileiro Andrucha Waddington com seu Lope e os espanhóis Iciar Bollaín, com También la lluvia, e Daniel Monzón com Cela 211, foram escolhidos pela academia de cinema, em uma primeira seleção, para representar a Espanha na próxima edição do Oscar.

A Academia das Artes e as Ciências Cinematográficas da Espanha anunciou que os filmes de Monzón e Bollaín, junto de Balada triste de trombeta, do também espanhol Alex de la Iglesia, são candidatos a representar o país nos Prêmios Ariel da Academia do México, que serão entregues em abril de 2011.

A Academia das Artes e as Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos divulgará em 25 de janeiro o nome dos indicados ao Oscar. Os vencedores serão conhecidos em uma cerimônia no dia 27 de fevereiro.

Lope, dirigido pelo brasileiro Andrucha Waddington tem nos papéis principais Alberto Ammann, Leonor Watling e Pilar López de Ayala. O filme é um relato sobre a juventude de um dos dramaturgos e poetas mais relevantes do Século de Ouro.

Filme de diretor brasileiro pode representar Espanha no Oscar

Sem mais artigos