O super-herói Lanterna Verde, cujo alter ego Alan Scott já apareceu como um homem casado e com dois filhos, revelará sua homossexualidade no próximo número da história em quadrinhos Earth 2, informou nesta sexta-feira (1) a imprensa americana.

Segundo a DC Comics, Scott realizará essa passagem com um beijo na boca de seu namorado.

“O Lanterna Verde continuará sendo o personagem que conhecemos, fazendo parte da Liga da Justiça, mas como gay”, disse o escritor da HQ, James Robinson.

Esta nova versão começou através da iniciativa da New 52, que busca rejuvenescer e atualizar os principais personagens da editora.

Segundo Robinson, esta mudança pareceu ser mais simples do que rejuvenescer o personagem porque tal jovialidade representaria o fim do filho gay do super-herói.

“O único mau que teria transformar esse personagem em jovem é que perderíamos seu filho Obsidian, que é gay. Desta forma, eu pensei: por que não fazer tornar Alan Scott em um gay? Essa foi a semente que começou tudo”, explicou o escritor, que ressaltou que os diretores do editora não puseram nenhum impedimento nesta decisão e aceitaram “sem nenhuma dúvida”.

Robinson, um autor britânico que reside em San Francisco com sua esposa, não é indiferente aos super-heróis homossexuais. Isso porque, ele também foi o criador de Starman na década de 1990, um título que se tornou fundamental por causa de seu protagonista gay.

Seu objetivo, segundo sustenta, é retratar a realidade do mundo em sua obra.

“É uma descrição realista da sociedade. É preciso se ajustar aos novos tempos”, assegurou.

O escritor espera que o “novo Lanterna Verde”, um dos integrantes mais conhecidos da Liga da Justiça, seja uma inspiração.

“Ele não se esconde nas sombras. Espero que seja uma figura positiva”, manifestou.

Este personagem é diferente da versão mais moderna do super-herói, cujo alter ego é Hal Jordan, um mulherengo que possui sua própria história em quadrinhos e é parte da força policial Laterna Verde (Green Lantern Corps).

Essa versão é a mesma que recentemente chegou aos cinemas pelas mãos do ator canadense Ryan Reynolds.

Na iniciativa New 52, Alan Scott e Lanterna Verde operam em um universo alternativo ao da Liga da Justiça, um grupo que reúne outros super-heróis como Mulher Maravilha, Batman, Superman, Flash e o Aquaman.

Herói Lanterna Verde assume homossexualidade em nova HQ

Sem mais artigos