De olho no futuro, o Facebook continua investindo em realidade virtual. O comandante da empresa, Mark Zuckerberg, deixou isso claro esta semana.

Segundo o site da revista Variety, Zuckerberg declarou: “Existem muitas oportunidades para criar a próxima geração de plataformas de computação”.

O Facebook acaba de completar, nesta semana, um ciclo de aquisições no ramo da realidade virtual, no qual gastou US$2 bilhões – adquirindo a empresa Oculus.

“Vamos gastar muito e investir pesado a longo prazo”, continuou Mark, acrescentando que o Facebook vai desenvolver tecnologias de inteligência artificial, e isso é parte do futuro das comunicações.

A Oculus foi criada para o ramo dos videogames. Mas o Facebook pretende usar a tecnologia da Oculus para outras áreas, incluindo comunicações, mídia, entretenimento e até educação.

Adeptos da realidade virtual já estão preocupados, com medo de que o Facebook retire o foco sobre videogames da startup original. Quanto a isso, só resta aguardar o desempenho do Facebook no gênero.

Sem mais artigos