Os 53 museus e importantes monumentos de Paris receberam 73,1 milhões de visitantes em 2013, o que representa um aumento de 2,2% em relação ao ano anterior, informou nesta quarta-feira o escritório de turismo da capital francesa.

Entre os monumentos, o mais visitado foi a catedral de Notre-Dame, que recebeu 14 milhões de visitantes, enquanto o museu mais frequentado foi o do Louvre, que vendeu 9,2 milhões de entradas e fechou o ano com o segundo melhor resultado anual de sua história.

“Continua sendo, de longe e como no ano passado, o museu mais visitado do mundo”, anunciou o Escritório de Turismo e de Congressos de Paris (OTCP), que acrescentou que as entradas dos museus analisados oscilaram entre 4 e 16 euros, com uma média de 9,2 euros (cerca de US$ 12,4).

A Torre Eiffel, símbolo da capital francesa, recebeu 6,7 milhões de visitantes, 7,5% a mais que em 2012, e a basílica do Sagrado Coração, que coroa o bairro de Montmartre, 10,5 milhões de pessoas, o mesmo número do ano anterior.

O OTCP acrescentou que o Centro Pompidou, o colorido edifício do centro de Paris dedicado à arte moderna e contemporânea, recebeu 3,7 milhões de visitantes, 1,2% a menos que em 2013, um ano recorde para a instituição.

A capela de Sainte Chapelle, situada no complexo do Palácio de Justiça, superou pela primeira vez a barreira de um milhão de visitantes e registrou um aumento de 5,8% no número de visitante em relação ao ano de 2012.

As 89 exposições temporárias, realizadas em 35 desses centros, venderam 11 milhões de entradas e evidenciaram importantes destaques, como as 546,2 mil pessoas que visitaram o Centro Pompidou para acompanhar a mostra dedicada à arte pop de Roy Lichtenstein.

Sem mais artigos