Uma série de ilustrações e fotos inéditas produzidas pelo pai da pop art, Andy Warhol, foram descobertas em disquetes do computador Amiga, quase 20 anos depois de o artista tê-los salvado. A informação é do site The Verge.

Se você não é da época, contextualizemos: o Amiga foi uma família de computadores pessoais lançada em 1985 e produzida pela empresa Commodore. Foram bem populares, a propósito.

Os arquivos (alguns com desenhos estranhões, coisa que talvez você não pendurasse na parede) foram recuperados graças a um vídeo de YouTube. O vídeo mostrava Warhol no lançamento do Amiga, manipulando, com o mouse, uma foto de Debbie Harry, vocalista do Blondie.

Cory Arcangel, um artista de novas mídias, ficou intrigado com o vídeo e contatou Tina Kukielski, curadora do Carnegie Museum of Art, e ambos pediram ao arquivista chefe do Warhol Museum, Matt Wrbican, para que pudessem procurar por arquivos perdidos nos disquetes do artista.

Sem mais artigos