O filme alemão Quando Partimos foi o grande vencedor da 34ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. O júri concedeu o Troféu Bandeira Paulista de Melhor Filme à produção de Feo Aladag. O longa, que é o candidato oficial da Alemanha para o Oscar de 2011, narra a história de uma alemã que foge do casamento em Istambul e volta a morar com a família em Berlim.

Os cineastas Alan Parker, Ana Luiza Azevedo, Samuel Maoz e Serge Avédikian, os críticos Carlo di Carlo e Michel Ciment e o ator Miki Manolojvic, divulgaram os vencedores em cada categoria nesta quinta-feira e também entregaram prêmios especiais no evento de encerramento, ocorrido ontem à noite na Cinemateca Brasileira, na zona sul de São Paulo.

Entre os documentários brasileiros escolhidos pelo público ficaram José & Pilar, que conta a história de José Saramago e sua esposa, e Meninos de Kichute. Porém, o escolhido pelo júri foi o suíço Jardim Sonoro, de Nicola Bellucci.

O prêmio Itamaraty, que entregaria dinheiro, ficou com o documentário Lixo Extraordinário, de Lucy Walker, João Jardim e Karen Harley, que ganhou R$ 30 mil; com o curta-metragem Pimenta, de Eduardo Mattos, que levou R$ 15 mil; e com o longa de ficção Rosa Morena, de Carlos Oliveira, que ficou com R$ 45 mil. Além disso, o júri concedeu um prêmio especial a Carlos Reichenbach pelo Conjunto da Obra.

Confira a lista completa dos ganhadores.

TROFÉU BANDEIRA PAULISTA 2010

Prêmio Ficção – Competição novos diretores:

Júri para Ficção – Competição Novos Diretores: Alan Parker, Ana Luiza Azevedo, Carlo di Carlo, Michel Ciment, Miki Manolojvic, Samuel Maoz, Serge Avédikian

Melhor Atriz: Noomi Rapace, por “Beyond”, de Pernilla August

Prêmio Especial do Júri: “Beyond”, de Pernilla August

Melhor Filme: “Quando Partimos”, de Feo Aladag

assista ao trailer:

Prêmio Documentário – Competição novos diretores:

Membros do Júri para Documentário – Competição Novos Diretores: Felipe Tassara, Rainer Hartleb, Wolney Attala

Prêmio Especial do Júri: “O Samba Que Mora em Mim”, de Georgia Guerra-Peixe

Melhor Documentário: “Jardim Sonoro”, de Nicola Bellucci

Prêmio da Crítica:

Prêmio Especial da Crítica: “Carlos”, de Olivier Assayas – França/Alemanha

Melhor Filme: “Mistérios de Lisboa”, de Raoul Ruiz – Portugal

Prêmio do Público:

Melhor Filme Brasileiro: “Meninos de Kichute”, de Luca Amberg

Melhor Filme Internacional: “Balibo”, de Robert Connoly

Melhor Documentário Brasileiro: “José & Pilar”, de Miguel Gonçalves Mendes

Melhor Documentário Internacional: “Pense Global, Aja Rural”, de Coline Serreau

Prêmio da Juventude: “O Mágico”, de Sylvain Chomet

Prêmio Aquisição Canal Brasil (curtas-metragens):
Júri: João Nunes, Luiz Carlos Merten, Alessandro Giannini, Nina Rahe, Dolores Orosco, Ana Paula Sousa

Melhor Curta-metragem: “Pimenta”, de Eduardo Mattos.

Prêmio Itamaraty:

Júri para Filmes Brasileiros: Bernardo Spinelli, Eduardo Valente, Georgia Costa Araújo

Prêmio Especial – Homenagem pelo Conjunto da Obra: Carlos Reichenbach

Melhor Curta-Metragem: “Pimenta”, de Eduardo Mattos

Melhor Longa-Metragem – Documentário: “Lixo Extraordinário”, de Lucy Walker, João Jardim, Karen Harley

Melhor Longa-Metragem – Ficção: “Rosa Morena”, de Carlos Oliveira.

Sem mais artigos