A ponte Glienicker, utilizada por soviéticos e ocidentais para espionagem durante a Guerra Fria, voltou no tempo sob as ordens do diretor americano Steven Spielberg, que roda ali cenas de seu novo filme. Os curiosos têm tido dificuldade para se aproximar da área de rodagem, mas a chanceler alemã, Angela Merkel, a visitou na noite de sexta-feira (28), e publicou em seu conta no Twitter um vídeo que mostra sua chegada à ponte, coberta de neve artificial.

“Tenho que ver seus papéis”, disse a Merkel um sorridente Tom Hanks com o braço em riste, emulando os agentes que durante décadas controlaram dia e noite esse posto fronteiriço entre o setor ocidental de Berlim e a Alemanha comunista. A ponte Glienicker foi palco de vários intercâmbios de espionagem.

O novo filme de Spielberg, que estreará em outubro do ano que vem nos Estados Unidos com o título de St. James Place, narra as negociações que levaram à troca do agente soviético Rudolf Abel e do piloto das forças aéreas americanos Francis Gary Powers em 10 de fevereiro de 1961.

Tom Hanks interpreta o advogado James Donovan, uma das peças das negociações. A filmagem continuará até segunda-feira (01/12) e a ponte foi bloqueada para a passagem de veículos.

Fonte: Efe

Sem mais artigos