Veja galeria com várias imagens de Tropa de Elite 2

O aclamado Tropa de Elite 2, de José Padilha, foi o escolhido entre 15 filmes brasileiros para disputar uma vaga entre os indicados ao Oscar 2012 de Melhor Filme Estrangeiro. O anúncio aconteceu na manhã desta terça-feira (20) no Palácio Gustavo Capanema, no centro do Rio de Janeiro, pela Comissão Especial da Seleção.

A lista oficial dos indicados à categoria será anunciada apenas em janeiro de 2012 – por enquanto só um filme está com vaga garantida, Pina, de Wim Wenders, filme/documentário em 3D de espetáculo de dança de Pina Bausch. A cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas vai acontecer no dia 26 de fevereiro e será apresentada pelo ator Eddie Murphy.

Entre os 15 filmes que concorriam a representação brasileira, estavam VIPS – Histórias Reais de um Mentiroso, de Mariana Caltabiano, Bruna Surfistinha, de Marcus Baldini, A Antropóloga, de Zeca Nunes Pires, Malu de Bicicleta, de Flávio Ramos Tambellini, As mães de Chico Xavier, de Glauber Filho e Halder Gomes, Estamos Juntos, de Toni Venturi, Família Vende Tudo, de Alain Fresnot, Federal, de Erik de Castro, VIPS, de Toniko Melo, Lope, de Andrucha Waddington, Mulatas! Um Tufão nos Quadris, de Walmor Pamplona, Quebrando o Tabu, de Fernando Grostein Andrade, Trabalhar Cansa, de Juliana Rojas e Marco Dutra e Assalto ao Banco Central, de Marcos Paulo.

A comissão que deu o resultado era formada pela secretária do Audiovisual do MinC, Ana Paula Dourado Santana, o presidente da Associação Brasileira de Cinematografia, Carlos Eduardo Carvalho Pacheco, o ministro do Departamento Cultural do Itamaraty, George Torquato Firmeza, e os representantes da Academia Brasileira de Cinema, Jorge Humberto de Freitas Peregrino, Nelson Hoineff, Roberto Farias e Silvia Maria Sachs Rabello.

A escolha de Tropa 2 soa como uma revanche, já que o idolatrado filme de 2007, que levou o Urso de Ouro no Festival de Berlim, concorreu a uma vaga no Oscar 2008, mas perdeu para O Ano em que os Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburger. No ano passado, quem representou o Brasil foi Lula, O Filho do Brasil, cinebiografia do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas não chegou a figurar na lista de cinco filmes indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

O Brasil nunca levou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, porém foi indicado quatro vezes na categoria, por O Pagador de Promessas, O Quatrilho, O Que é Isso, Companheiro? e Central Brasil. Cidade de Deus, de Fernando Meirelles, não chegou a concorrer na categoria, mas foi indicado em três categorias técnicas (diretor, edição e fotografia) no Oscar.


Tropa de Elite 2 é escolhido para disputar vaga no Oscar 2012

Sem mais artigos