<br>Na noite deste último sábado foi batido o recorde dos 100m rasos, a prova mais rápida do atletismo mundial. A marca, que foi de 9s72, foi do jamaicano Usain Bolt, superando o compatriota Asafa Powel em dois centésimos.

Bolt se beneficiou de ventos de 1,7m/s para atingir a impressionante marca, mas foi humilde, e declarou que a prova foi “apenas” quase perfeita, dizendo não importar-se com recordes.

“O recorde mundial não significa nada sem uma medalha de ouro em Mundiais ou nos Jogos Olímpicos. Se você é campeão olímpico, ninguém pode tirar a sua glória, pelo menos durante quatro anos”, concluiu o recordista.

<b>LEIA MAIS</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=25504> Brasileiros superam Quênia e vencem a Maratona de SP<a>

Sem mais artigos