Ex-craque do Milan e da seleção italiana, Paolo Maldini pode ser condenado por corrupção, o que o deixaria na prisão por 19 meses. O antigo lateral é acusado de ter entrado no sistema do fisco italiano. Absolvido em primeira instância, ainda há a possibilidade das autoridades tributárias do país em apresentarem novo recurso.

Maldini teria subornado um funcionário do fisco para que este não inspecionasse possíveis atividades ilegais por ele praticadas. Além disso, o campeão da Copa do Mundo de 2006 teria se aproveitado do funcionário para entrar no sistema do fisco da Itália para solicitar o controle fiscal de transações ilícitas de uma operação imobiliária na Toscana.

A investigação foi iniciada em janeiro de 2009, depois de uma escuta telefônica entre Maldini e Luciano Bressi, funcionário da Agência Tributária Italiana em Milão e detido em junho pelas autoridades.

Nessa conversa, é possível escutar o ex-jogador pedindo a Bressi que facilite informação fiscal sobre Alessandro Paolo Baresi, irmão de dois jogadores.

Sem mais artigos