Modernidade e tecnologia são dois pontos que vem acompanhando o futebol com uma frequência muito grande nos últimos anos. Traves com sensor para saber se a bola entrou ou não e arenas multiuso fazem parte do cartel de novidades que o esporte mais popular do mundo apresentou na última década. Porém, nesta quinta-feira (06), uma nova mudança significativa no mercado pode ter dado seu pontapé inicial. Trata-se de uma ‘chuteira meião’, lançada pela empresa alemã Adidas.

Com o slogan “a única maneira de prever o futuro é construí-lo”, a marca de material esportivo mostrou a novidade que estava sendo guardada com segredo em vídeos promocionais nas últimas semanas.

O novo modelito da Adidas é uma aposta de chuteira com cano alto, em que o meião já viria incorporado com a própria chuteira, de uma forma mais curta, é verdade, dando assim mais leveza e mobilidade para os jogadores que a utilizarem.

Concorrente na cola

De olho na nova tecnologia, a Nike, empresa de material esportivo norte-amerina e principal concorrente da Adidas, também está preparando o lançamento da Nike Magista, seu modelo de ‘chuteira meião’, para esta quinta.

A fornecedora também vem fazendo mistério nos últimos dias e apostou em embaixadores como David Luiz e Thiago Silva para divulgar seu novo produto.

“O futebol nunca mais será o mesmo!”, escreveram os zagueiros brasileiros ao postarem uma foto segurando as chuteiras, ainda escondidas, em seus perfis no Instagram.

Apesar de modernas e com novas tecnologistas, as chuteiras de cano longo não são novidades no futebol. Semelhantes aos divulgados por Nike e Adidas, os primeiros modelos de chuteiras usadas no futebol eram de cano longo (veja na imagem abaixo).

Confira no vídeo abaixo divulgado pela Nike mostrando como foi o primeiro teste dos jogadores com a Magista, chuteira de cano longo da Nike.

 

Sem mais artigos