O atacante Adriano anunciou nesta segunda-feira, em comunicado divulgado por sua assessoria, que só vai voltar a jogar em 2013, e deixou em dúvida sua permanência no Flamengo.

O “Imperador” disse que tomou a decisão após conversar com parentes e amigos, e que pode defender outro clube no ano que vem, até mesmo fora do Rio de Janeiro.

“Pensei muito, conversei com amigos e minha família e cheguei à conclusão que a melhor coisa a ser feita é voltar em 2013. Tomei essa decisão não só por mim, mas também pensando no Flamengo. Estou quase recuperado, mas faltam pouquíssimas rodadas para o final do campeonato. O Clube tem que se concentrar nessa reta final e eu na minha volta com 100% da minha forma física e não apenas para saciar as expectativas”, declarou.

“Continuarei treinando com ainda mais garra. Ainda não sei se será no RJ, mas posso afirmar que em 2013 estarei pronto para entrar nos campos. Agradeço sempre e muito aos que torcem por mim. Acreditem, essa decisão foi tomada pensando em todos. Fiquem com Deus e muito obrigado”, finaliza a nota.

Em outro comunicado divulgado pouco depois, Adriano informou que concederá amanhã uma entrevista coletiva ao lado de Zinho, diretor do departamento de futebol do Flamengo, para comunicar o que definiu com o clube sobre a situação.

O jogador, que já tinha recebido advertências por não comparecer a treinamentos, se faltou ao da última quinta-feira e enviou uma nota à direção do clube pedindo uma licença até esta terça-feira.

Adriano até agora não vestiu a camisa do Flamengo por ainda estar se recuperando de uma cirurgia no pé esquerdo à qual foi submetido em abril.

O contrato inicial do atacante com o Flamengo, assinado em agosto, termina em dezembro. Na época em que foi anunciado como reforço do Rubro-Negro, Adriano admitiu que essa talvez fosse a última oportunidade de sua carreira.

Sem mais artigos