Adriano quebrou o silêncio e disse que vai voltar aos gramados já neste domingo (14), data do clássico contra o Vasco marcado para às 19h30 no Maracanã. Sem conversar com a imprensa desde fevereiro, o atacante do Flamengo aproveitou a coletiva de sexta-feira (12) para falar de assuntos polêmicos sobre sua vida pessoal e, é claro, de seleção brasileira.

“O Dunga me conhece bem e está passando confiança. O Jorginho [auxiliar técnico] conversou comigo e disse que está comigo”, garantiu o Imperador. “Não tem esse oba-oba de ficar fora da Copa do Mundo. As pessoas sabem do que sou capaz e muitas querem o meu bem. Tudo isso me deu ainda mais motivação.”

Sobre as polêmicas envolvendo sua vida pessoal, Adriano negou que seja usuário de drogas, mas admitiu que bebe uma cervejinha. “É normal tomar cerveja. Só falam por ser o Adriano e acabam aumentado […] se eu bebesse tanto como falam, não conseguiria jogar”, esclareceu.

Por fim, o atacante admitiu que teve uma briga com sua mulher, mas que a situação já foi normalizada. “Quem nunca brigou com uma mulher? O carinho dela me fortalece. Estou bem, nunca perdi alegria de jogar”, disse. “Ela ficou nervosa, pois não cheguei na hora marcada. Ela me empurrou e discutiu com o Bruno. Ela gosta de mim”.

Sem mais artigos