A Associação do Futebol Argentino (AFA) protagonizou mais um capítulo na polêmica saída de Diego Maradona do comando da seleção do país ao não descartar o retorno do técnico demitido na semana passada.

“Maradona não saiu, ele sempre está chegando”, afirmou o porta-voz da AFA, Ernesto Cherquis Bialo, ao utilizar uma metafórica frase do músico argentino Aníbal Troilo.

Em declarações à “Rádio 10” de Buenos Aires, Bialo informou que uma comissão se reunirá em outubro para definir quem será o técnico e comentou que ninguém está impedido de disputar a vaga: “todos os treinadores argentinos estão na corrida”.

O porta-voz da AFA disse também que o presidente da entidade, Julio Grondona, se reunirá em agosto com o capitão da equipe, o volante Javier Mascherano, quando a seleção enfrentará a Irlanda, em Dublin.

Nesta semana, o secretário técnico das seleções argentinas, Carlos Bilardo, já havia aberto as portas para a volta de ‘Dieguito’. “Se Diego quiser conversar, não sei o que pode acontecer. Tudo é uma questão de conversa”, afirmou.

AFA deixa aberta possibilidade de volta de Maradona à seleção

Sem mais artigos
Sair da versão mobile