O norte-americano Frank Mir surpreendeu o mundo ao finalizar Rodrigo Minotauro no UFC 140. Isso porque o brasileiro nunca tinha perdido de tal maneira em toda sua carreira de MMA.

Minotauro vinha melhor na luta, mas deu brecha para Mir e acabou perdendo. A resistência do brasileiro em desistir do combate foi tamanha que o norte-americano teve que quebrar o braço do adversário para ele bater e o confronto acabar. Tal atitude de Minotauro rendeu criticas do próprio Mir.

“Pessoalmente, eu não teria feito a mesma coisa. A única maneira de entender é quando um cara está realmente ganhando a luta e você escuta que só faltam dez segundos. Mas não é bom danificar um membro, obviamente. Você quer se proteger porque o tempo fora do ringue afeta mais a sua carreira. Mais do que qualquer coisa”, disse o norte-americano em entrevista ao site “MMA SBNation”.

Por se tratar de Minotauro, faixa preta em jiu-jitsu, Frank Mir considerou o triunfo como o principal de sua carreira dentro do MMA.

“Acho que é a vitória está no topo da minha lista. Por causa de quem é o Nogueira (Minotauro) e por como consegui a vitória. Eu estava com problemas, e fui capaz de tirar a vitória dessa forma. Foi uma das minhas mais felizes performances”, enalteceu.

Sem mais artigos