Fernando Alonso, da Ferrari, descartou insatisfação com o resultado do Grande Prêmio de Cingapura obtido neste sábado, e mesmo ficando atrás novamente de Sebastian Vettel, da Red Bull, líder do Campeonato Mundial de Fórmula 1, garantiu que há motivos para comemorar.

“Fizemos uma largada fantástica, sabíamos que não tínhamos ritmo, portanto, precisávamos inventar algo, ter uma estratégia diferente. As duas coisas foram bem: a largada e a estratégia. É um pódio com sabor de vitória”.

Alonso, com a entrada do safety na volta 25, devido acidente com o australiano Daniel Ricciardo, da Toro Rosso, optou por parar no box para depois seguir na pista até o fim. O próprio espanhol admitiu que a atitude foi ousada, devido as condições da prova.

“Era uma decisão arriscada, mas não tínhamos nada a perder, porque terminar em segundo ou quinto daria no mesmo. Cuidamos dos pneus e o carro teve um grande rendimento”, explicou o piloto da Ferrari.

Com a vitória de hoje, Vettel chegou aos 247 pontos no Mundial de Pilotos, contra 187 de Alonso. Agora, se terminar todas as seis provas da temporada em terceiro lugar, o alemão será campeão mais uma vez.

Sem mais artigos