O jogador uruguaio Álvaro Recoba procura repetir no Carnaval uruguaio os sucessos conquistados em campo, já que nesta temporada é um dos diretores do grupo de músicos ambulantes Don Timoteo, considerado um dos favoritos para ganhar o concurso oficial.

Recoba, de 37 anos, começou a jogar no Danúbio de seu país, para depois se transferir para o Nacional, antes de ser contratado pela Internazionale, onde permaneceu por dez temporadas.

O jogador também defendeu os italianos Veneza e Torino e o grego Panionios, antes de retornar ao Nacional em 2011, onde permanece até hoje.

Além disso, o jogador disputou 69 partidas com a seleção uruguaia, incluindo sua participação na Copa do Mundo da Coreia e Japão em 2002.

O Carnaval é uma das paixões do jogador já que no ano passado, com o apoio de seu sogro, do ex-jogador Rafael Perrone e do meia do Peñarol, atual campeão uruguaio, Antonio Pacheco, foi o responsável por um grupo de músicos ambulantes que ganhou o Concurso Oficial do Carnaval 2013, no qual participaram quase 20 bandas de músicos ambulantes.

Para este ano, Recoba se esforçou para ajudar a banda de músicos ambulantes Don Timoteo, retirada há muitos anos dos palcos, e levou com ele quase todo o elenco que no ano passado integrou os Assaltantes com Patente.

Na madrugada da segunda-feira, Don Timoteo, com um teatro cheio de torcedores, fez sua estreia no concurso e recebeu ótima crítica dos especialistas.

Entre os espectadores estavam vários dos jogadores do Nacional.

O Nacional prepara-se para receber no dia 13 o Grêmio em partida válida pela Taça Libertadores da América.

Sem mais artigos