O silêncio de Chael Sonnen durou pouco menos de uma semana. Sete dias após Wanderlei Silva ir atrás dele no Mr. Olympia para desafiá-lo em público, o norte-americano resolveu aparece e dar sua resposta, com uma dose de suas já manjadas provocações. Em entrevista ao programa UFC Tonight, na noite da última quarta-feira (02), ele disse que o brasileiro perdeu o direito de provocá-lo após ter se recusado a lutar, e ainda fez uma contra-ameaça.

“Sou a favor de Wanderlei Silva se divertir, mas tenho três coisas a dizer. Em primeiro lugar, se você quer criar uma situação pública, não traga a sua própria câmera. Parece armação, que é o que foi. É um insulto aos seus fãs. Imagine se eles decidirem juntar os pontos… Apareça em algum lugar que tenha câmera, e aí, sim, pode continuar a sua rotina. Em segundo lugar, nesse país e nessa indústria, se você se recusa a lutar contra alguém, perde o direito de falar sobre essa pessoa, principalmente da forma como você fez. Cercar alguém em público pode te fazer se arrepender; mas cercar um gângster em público pode ser muito perigoso”, disse Sonnen.

As provocações entre Sonnen e Wand já vem de algum tempo, e os fãs do MMA, principalmente os brasileiros, aguardam por um duelo entre os lutadores no octógono o mais breve possível.

Sem mais artigos