Veja fotos de Anderson Silva

20-A parceria com a empresa 9ine, do amigo Ronaldo Fenômeno, também foi um momento marcante para Anderson
21-Spider já fazia comerciais com grande frequência antes da 9ine, mas a empresa o colocou em um pataamar comercial ainda maior
Anderson Silva posa para marca de cervejas

Ainda se recuperando da fratura que teve na perna esquerda, sofrida na revanche contra Chris Weidman, o brasileiro Anderson Silva concedeu uma entrevista ao canal oficial do UFC Brasil no Youtube e revelou que poderia voltar ao octógono ainda este ano, mas que a ideia é mesmo lutar só em 2015.

“Com mais dois meses eu já estaria pronto para lutar este ano, mas estou tendo a oportunidade de ficar mais tempo com minha família, de me focar e trabalhar em cima dos meus projetos pessoais”, afirmou.

Spider admitiu, contudo, que apesar de já estar treinado forte e mostrando uma evolução muito rápida, teve muito medo de dar os primeiros chutes após fraturar a perna.

“Eu estava meio cabreiro a princípio, mas depois falei: “Ah, cara! Faço isso desde pequeno. Então, “vambora”, vamos chutar, vamos lá fazer o que tem que ser feito”. Com alegria. Tem que ter alegria. Independentemente de você estar lesionado ou não, tem que ter alegria para se recuperar, a força de vontade para continuar, e não pode desistir nunca”, disse.

Já sobre sua superluta com o boxeador americano Roy Jones Jr., Anderson Silva disse que teve que adiar seu sonho, colocando os interesses comerciais do UFC como um dos empecilhos.

“É um sonho que me acompanha desde muito tempo. Sempre quis fazer essa luta de boxe com o Roy Jones. É sonho que eu gostaria muito de realizar, mas o Dana (White, presidente do UFC) já se pronunciou, e o Lorenzo (Fertitta, dono da organização) também. Eu entendo, é um negócio, e para o negócio deles não é bom. Mas é meu sonho, um desejo pessoal que eu tinha e por enquanto fica engavetado”, disse.

 

Anderson Silva admite medo de voltar a chutar, mas diz que poderia lutar em 2014

Sem mais artigos