A Arena do Grêmio, nova casa do Tricolor gaúcho, foi inaugurada neste sábado (8) com uma reedição da Copa Intercontinental de 1983 e, assim como aconteceu em Tóquio, há 29 anos, a equipe do Rio Grande do Sul venceu o Hamburgo por 2 a 1.

Inspirados pela presença de alguns campeões intercontinentais no gramado antes da partida, os atletas tricolores não decepcionaram e, mesmo sem mostrarem seu melhor futebol, fizeram a festa dos 60.170 torcedores que lotaram o novo estádio. E coube a André Lima balançar a rede pela primeira vez e entrar para a história.

O Hamburgo não teve força máxima, mas entrou em campo com um “mistão” muito mais quente do que se poderia imaginar. Isso porque 25 horas antes de encarar o Grêmio, a equipe venceu o Hoffenheim por 2 a 0 pelo Campeonato Alemão, há quase 11 mil quilômetros de distância de Porto Alegre. Autor dos dois gols desse jogo na HSV Arena, o atacante Rudnevs enfrentou o ‘Imortal’.

Foram necessários apenas nove minutos de bola rolando para que o primeiro gol da nova arena acontecesse. Elano cobrou escanteio da direita, André Lima se antecipou ao zagueiro no primeiro pau e cabeceou firme no canto esquerdo.

O segundo, que daria maior tranquilidade ao time de Vanderlei Luxemburgo, poderia ter acontecido ainda antes do intervalo, aos 38 minutos. Leandro recebeu de Souza e levantou para o meio da área. Meio de joelho, meio de coxa, Elano encobriu a meta.

Com muitas alterações em ambas as equipes, o segundo tempo foi melhor para os visitantes, que, mesmo cansados, atacaram mais que o adversário. Aos 12 minutos, Westermann dominou na esquerda e encheu o pé, obrigando Grohe a ceder o escanteio.

Parte da torcida já mostrava certa impaciência, e o castigo para o Grêmio por ter pisado no freio veio aos 26. Após cobrança de escanteio da esquerda, Westermann pegou de primeira da entrada da área e empatou. A bola desviou em Marcelo Moreno, tirando qualquer possibilidade de defesa de Grohe.

O empate teve efeito contrário ao esperado. A torcida, que estava na bronca, passou a apoiar o time, que, na raça, conseguiu a vitória com um gol aos 42 minutos. Saimon roubou a bola na intermediária e acionou Leandro, que cruzou na medida para Marcelo Moreno deixar o dele e garantir o primeiro triunfo dos anfitriões em seu novo salão de festas.

André Lima faz 1º gol da Arena do Grêmio, e Tricolor vence Hamburgo por 2 a 1

Sem mais artigos