O tenista escocês Andy Murray começou o ano da melhor maneira possível ao conquistar o torneio de Brisbane, na Austrália, numa vitória sobre o ucraniano Alexandr Dolgopolov na final por 2 sets a 0, com parciais de 6-1 e 6-3.

Murray obteve assim seu 22º título na ATP e não perdeu um só ponto em seus três primeiros games com serviço. Outro dado da absoluta superioridade do escocês foi que conseguiu nove games consecutivos, desde o 2-1 do primeiro set até o 4-0 do segundo.

Com esta vitória, o número 4 do mundo enfrenta o Aberto da Austrália com o moral em alta e com a atenção voltada para o título do primeiro Grand Slam da temporada, que já lhe escapou em duas vezes em que chegou à final.

A influência de Ivan Lendl, seu novo treinador, parece estar sendo muito positiva para o britânico, que em Brisbane demonstrou um ótimo desempenho para o início do ano.

Sem mais artigos