Apenas 25 dos 100 jogadores brasileiros mais valiosos atuam em clubes do país, já que 16 disputam o Campeonato Inglês, 22 atuam no Campeonato Ucraniano e no Campeonato Português, e 10 participam do Campeonato Espanhol, segundo um estudo da empresa de consultoria “Pluri”.

De acordo com a lista divulgada nesta quinta-feira pela empresa brasileira especializada em informações sobre o mercado do futebol, os 100 jogadores brasileiros mais valiosos de 2012 têm um valor conjunto de mercado de 1,172 bilhão de euros, com um crescimento de 7% em relação aos 100 mais valiosos de 2011.

Neymar, uma das maiores revelações do país nos últimos anos, encabeça a lista pelo segundo ano consecutivo, com um valor de mercado de 55 milhões de euros, 10% a mais do que em 2011.

O segundo lugar na lista foi assumido pelo zagueiro Thiago Silva, jogador do Paris Saint-Germain, com valor de mercado de 40,5 milhões de euros, o que equivale a uma elevação de 35% ao valor de 2011.

Em seguida, aparece o atacante Hulk, do Zenit São Petesburgo, avaliado em 39,4 milhões de euros (aumento de 27,1% ), e o meio-campo Lucas, que atuava no São Paulo e foi contratado pelo PSG, com um valor de 37,3 milhões de euros, o que representa uma valorização de 86,5%.

Em quinto lugar, aparece o meia Oscar, jogador do Chelsea e que está avaliado em 33,1 milhões de euros (valorização de 136,4%). Logo depois está o também jogador do Chelsea, Ramires, que tem um valor de 32 milhões de euros, o que representa um aumento de 68,4. O volante é seguido pelo lateral Marcelo, do Real Madrid, que é avaliado em 31,5 milhões de euros (aumento de 26%).

Os outros três entre os 10 primeiros são o lateral Daniel Alves, do Barcelona, que em 2011 figurava em segundo lugar na lista e cujo valor foi reduzido em 18,3%, chegando a 29 milhões de euros; o atacante Alexandre Pato, do Milan, terceiro no ano passado, que perdeu 22,9% de seu valor de mercado e foi avaliado em 26,2 milhões de euros, e o meio-campo William, do Shakhtar Donetsk, avaliado em 25,4 milhões de euros.

O valor de mercado somado dos 25 jogadores brasileiros mais valiosos que atuam em clubes do Brasil é de 294,5 milhões de euros, acima dos 177,4 milhões de euros dos 12 jogadores que estão em clubes da Inglaterra e dos 141,5 milhões de euros dos 10 com contrato com clubes espanhóis.

Entre os 100 jogadores mais valiosos, 74 atuam em 9 países europeus e um no Catar – o atacante Nilmar, ex-Internacional. O Brasil, com 25, é o país com maior número de jogadores da lista pelo segundo ano consecutivo. Dos clubes que contam com os jogadores brasileiros mais valiosos, 39 são europeus, 10 brasileiros e um catariano.

Por clubes, o Chelsea lidera a lista com quatro jogadores que somados valem 96,7 milhões. O segundo é o São Paulo, com 9 jogadores que totalizam valor de 96,7 milhões de euros, que é seguido pelo Shakhtar Donestk, que conta com seis atletas que valem 73,3 milhões de euros.

Na média, os atacantes brasileiros são os mais valiosos (14,5 milhões de euros) e os goleiros o menos valiosos (6,7 milhões de euros).

A lista de jogadores brasileiros mais valiosos em 2012 foi elaborada pela “Pluri” a partir de seus próprios critérios e inclui jogadores do país que figuram nas 60 maiores campeonatos do mundo.

Ao invés de usar o valor da contratação ou da cláusula de rescisão dos atletas, a “Pluri” calcula o valor de mercado dos jogadores a partir de um software próprio que leva em conta 61 critérios específicos.

Entre estes critérios estão a idade, criatividade, regularidade, força física, capacidade de definição de uma partida, aspectos táticos, disciplina, espírito de equipe, nível dos campeonatos que disputa, condição clínica, títulos conquistados, convocações para a seleção ou a capacidade de retorno financeiro para seu clube.

Sem mais artigos